segunda-feira, maio 17, 2010

O Castelo de Jade de Teresa


É noite!... Penso só em ti, Teresa!
No leito descanso meu corpo denso;
Ai, nos momentos de deleites penso:
- Lembras-te das horas na Fortaleza?!

Mergulhei nas tuas vestes de princesa;
Cobri de beijos o teu corpo extenso,
Grafei na tua pele o meu amor imenso;
Dei-te o prazer supremo: - Nobre Alteza!

Nunca cansava de te dar carinhos,
Suguei teu sabor, como raro vinho!
Teu nome está no meu livro eterno!...

O mar era forte e morria na praia...
Só de pensar, meu espírito desmaia!
E o verão se transformou em inverno!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1286638

12 comentários:

Felina Mulher disse...

Uau ou seria Miau?

Lindo, lindo, lindo!Quanto carinho, quanto querer, descritos em tão belos versos.
Machado, estive em tua cidade Ano passado, adorei RP e trago boas recordações.

Um belo dia e um beijo grande.

REGGINA MOON disse...

Machado,

Belíssima declaração e exaltação ao amor...mesmo que ele nos pareça por vezes distante, ali, em um pedestal, onde todos os amores devem sempre estar...isso nos faz viver!

Um beijo!!!Tenha uma ótima semana...

Reggina Moon

*Retire em meu Blog os selinhos da semana que se encontram em destaque no Verso & Prosa, são dois, com carinho para voce!

Sandra Botelho disse...

Poxa...Quando vc escreve...Encanta!
Bjos achocolatados

Tânia regina Contreiras disse...

Poema de amor! Lembrei do Marquinho (Marcantonio), do blog Diário Extrovertido, que acabou de escrever sobre os poemas de amor...

Temas recorrentes, nós vamos juntando os pedacinho de nós, que parecemos ser tantos e afinal somos um só.

Nome de mulher, Teresa...Deve ser bom receber poemas de amor.

Abraços,
TAnia

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

"O mar era forte e morria na praia" muitas vezes o amor é como esse mar

Paulo Tamburro disse...

MACHADO DE CARLOS,

sou seu mais novo seguidor, pois, não poderia ficar longe de tantas emoções poéticas, da sua rara competência e corretíssima forma e estilo em transmitir conteúdos, sentimentos,e esta magia indispensável ao falar das coisas do amor.

Um abração carioca.

"Cantinho Poético" disse...

Encantada......lindo seu poema!

A vida passa num instante e um instante é muito pouco pra sonhar.”

Te desejo uma semana feliz.
Um abraço da amiga de sempre...M@ria

Wanderley Elian Lima disse...

Pena que sempre mudam as estações, podia ser eternamente primavera.
Um abraço

Sandra Botelho disse...

Hum me dá um pedacinho???
Com a boca cheia d'agua...
Maldade me passar vontade heim?
Agora eu quero, quero, quero...
Snif, snif snif!!!

Vozes de Minha Alma disse...

Meu caro poeta, é lindo teu amor que devotas à amada, e com uma carga de romantismo de um súdito que reverencia sua princesa.
Um abraço fraterno, boa noite.

Amor feito Poesia disse...

Tua ausência cala o mundo, o mar, os ventos.
Tua ausência desaba silenciosamente sobre os
meus dias, soterrando meu outono...
Ela magoa demais o meu sossego.
(Tua ausência é essa substância densa)
Tua ausência é tão presente que é pessoa...
E me abraça.

(Marla de Queiroz)


Boa Noite com poesia...M@ria

ღPat.ღ disse...

http://selospat.blogspot.com/2010/05/mimo-da-marcia.html

Mimo.