terça-feira, maio 18, 2010

HINO À MEDUSA


Mãos de bronze e cútis de puro ébano.
Em tuas asas de ouro senti a faísca!...
Ignóbil, viajei num mundo fantástico
e em êxtase beijei tua túnica.

Naveguei no Atlântico!... Eram efêmeras
as águas... Renasci nas cinzas de Fênix.
Entre pedras encontrei o Éden,
e, imóvel fiquei com o teu fascínio!

No micro frasco de rara fragrância
estava a Medusa: - Lindo ícone
a confundir o meu ego: Um mistério?!

Mas Zeus destruiu a minha fórmula...
Tremi tresloucado diante da efígie
que dourou a ilusão; um doce eflúvio!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1120548

22 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

Bom dia, mas muito bom dia mesmo, pois acordar e ler sua mensagem, deixou meu coração cheio de alegrias.

HINO À MEDUSA

Fascinente soneto, pois voce retrata a história existente, eu adoro ler voce,
meu coração fica em festa
na sua poesia,
Efigênia
ainda em New York

Tânia regina Contreiras disse...

O feminino sempre exaltado, de algum modo sempre homenageado aqui por você! Machado, agradeço em nome do princípio feminino sob todas as formas! rs

Abraços,
Tânia

Sandra Botelho disse...

A sedutora medusa...
Delineada em poema sedutor.
Lindo como tudo que escreve.
Bjos achocolatados

ღPat.ღ disse...

As vezes nem sei como expor o que sinto ao ler um texto teu. São palavras especiais que não leio com frequência por aí... algumas delas preciso buscar significado, sinceramente. Mas ao compreender o todo dos teus poemas... são como nuvens carregadas de Amor e muito carinho...
Adoro imenso!
Um grande beijo de bom dia meu amigo querido,
Pat.

Sonhadora disse...

Meu amigo
Lindo poema...adorei.

Sonhadora

Sandra Botelho disse...

Fui a noite a tua casa e levei teu chocolate.
Dormias...a sonhar com a Medusa.
Devorei em gula cada pedacinho,
depois parti.
Bjos achocolatados

CamilaSB disse...

Sereia fantástica que emerge nas águas do amor...parabéns e um abraço!

Felina Mulher disse...

Boa noite meu querido Poeta.
Suas poesias me trazem alegria, é só poesia este teu jeito de amar.

Meu beijo pra vc.

Luciana disse...

Boa Noite Machado

Muito bonito teu poema parabéns
Bjs. Lu

C@urosa disse...

Meu querido amigo poeta Machado de Carlos, seus poemas são fontes de cultura e belos e sensíveis ensinamentos, parabéns.

forte abraço

C@urosa

M@ria disse...

O que dá valor à minha poesia
Não é a página que ela enfeita,
Mas é a paz que propicia
Quando enche de alegria
O peito de quem dela aproveita.

Eduardo De Paula Barreto


Feliz Noite...Beijos na alma!!

Amor feito Poesia disse...

Nem mais vou falar que amo seus textos...voce já sabe...sou sua fã
number one ........Beijos de Boa Noite!!

Amor feito Poesia disse...

rsrs....pelo contrário querido.
São tão lindos que se eu for comentar todos os dias e por todos os meus blogs vou me tornar muito repititiva.Sinto que seus textos tem muito de voce mesmo.E isso é lindooo......Amo seus textos e adoro voceeeeeeeee........Beijooooo

Caminhos Poéticos disse...

Naveguei no Atlântico!... Eram efêmeras
as águas... Renasci nas cinzas de Fênix.
Entre pedras encontrei o Éden,
e, imóvel fiquei com o teu fascínio!

O que dizer sobre este trecho??
Simplesmente fantástico.lindoooo
Bom diaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Belo poema sobre ser tão enigmático como Medusa. Parabéns. Um abraço

Valéria Sorohan disse...

Maravilhoso, cheio de mitologia.

BeijooO'

Marta disse...

Reencontro sempre com a vida, num soneto fascinante.....
Gostei imenso...
Beijos e abraços
Marta

Lídia Borges disse...

Um poema lindo!
Majestosamente construído e doce na sua análise interna.

L.B.

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Lindíssimo soneto! E raro, hoje em dia, ainda mais exaltando a mulher. Mais ainda, exaltando a Poesia, que merece.
Muito obrigada, querido, dar-me a honra de travar amizade, poemas, sentimentos, vida com você.
Beijossssssssss
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Muito obrigada pela presença e pelo lindo poema, querido.
*Vida* já está publicado.
Beijos***************
Tu me deste Vida.
Renata

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Acabo de publicar *Imenso Amor* no Eu e daì?. E aí, tudo bem?
Beijos e boa Noite.
Renata

Caminhos Poéticos disse...

No micro frasco de rara fragrância
estava a Medusa: - Lindo ícone
a confundir o meu ego: Um mistério?!

Com este verso venho agradecer sua amizade, carinho e por ser a pessoa linda que é. Peço a Deus que vc continue por muitos e muitos anos nos dando a alegria dos seus versos que nos encantam.
Parabénss.....Beijos mil!!