quinta-feira, maio 27, 2010

Meu Cisne



O´ Cisne branco de voz tão pura!
Nesta tristeza, chegaste de mansinho;
Embebi na tua paz, no teu carinho;
Esqueci o pretérito de amargura!

Ouço tua cantiga... É só ternura
a alumiar o meu denso caminho!
Transformaste em flor o meu espinho;
Não sofro mais na noite escura...

Ah! Cisne branco, eu queria apenas
acariciar a tua face pequena,
que a minha existência abençoa.

Ah! Cisne branco! Teu perfume exprime
Este momento grande e sublime!
...nas tuas asas... meu espírito voa!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1075845

Imagem extraída do blog:
http://blogrenataeuedai.blogspot.com/

44 comentários:

Priscila Lima disse...

Lindo sua postagem!
olha fique à vontade para levar as conchinhas afinal quando vamos até a praia é isso que fazemos...
Abraço e volte sempre as conchas agradecem...

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oiê, me chamou? Já cheguei!

O Cisne e a Bailarina

De aspecto gracioso,

Com penas brancas

Na água dança

Como a bailarina

De passos mágicos

A linda dançarina

Na água se lança....

by Renata Cordeiro*


O seu soneto já está publicado na GALERIA DA RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO, que o meu querido acompanha. Muito obrigada por + este presente.
Beijos
Rê*****************

M@ria disse...

Aos que me são queridos, deixo as coisas pequenas. As grandes são para todos.

Rabindranath Tagore

Beijos e abraços...M@ria

"Cantinho Poético" disse...

Quando eu dobro os meus joelhos, para pedir proteção... Eu não peço só por mim, mas também pelo meu irmão.

(Valquiria Cordeiro)

Feliz Noite e beijos meus...M@ria

Sandra Botelho disse...

Ah!...Cisne branco que encanta o poeta!
Acertaste dele o coração com uma seta
Agora apaixonado o poeta anda...
Fazendo de tudo que o coração manda!

Ah!...Cisne branco porque partiu?
Voaste para onde ninguem viu.
Deixaste no coração dele a dor...
Por teres o enfeitiçado de amor!

Só uma "inspiraçãozinha"..Rsrsrsr.
Bjos achocolatados

Pat. disse...

Este querer amor tocar tão sublime, é lindo de viver... querido Machado.
Teus poemas são encantos que me embalam!

UM beijo com carinho.
PAt.

Tânia regina Contreiras disse...

Que bonito, Machado! Que alegoria suave e cheia de delicadezas...adorei!

Beijos,
Tânia

Sonhadora disse...

Meu querido amigo
Belo momento de poesia, linda , leve.


Ah! Cisne branco! Teu perfume exprime
Este momento grande e sublime!
...nas tuas asas... meu espírito voa!...


Maravilhoso.

Beijinhos
Sonhadora

Felina Mulher disse...

Poema delicioso e delicado...Um beijinho pela doçura da tua presença e da poesia que nos trazes e com a qual vamos embalando a nossa vida...

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Beijos, querido*

Caminhos Poéticos disse...

Segue teu destino, rega tuas plantas, Ama as tuas rosas. O resto é sombra de árvores alheias..... Vê de longe a vida. Nunca a interrogues. Ela nada pode dizer-te.A resposta , está além dos Deuses.

Fernando Pessoa

Amor & Paz na sua noite...M@ria

Caminhos Poéticos disse...

Ah! Cisne branco! Teu perfume exprime
Este momento grande e sublime!
...nas tuas asas... meu espírito voa!...

Mui lindo amigooooooooo...Parabéns!

ONG ALERTA disse...

Leveza...paz.
Beijo Lisette

Wanderley Elian Lima disse...

Teu poema é tão suave quanto as asas de um cisne.
Um abraço

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*Coragem*, Poeta Machado de Carlos, está no Eu e Daí com a Gisele Bünchen falando sobre Biodiversidade.
Beijosssssssssssssssss

Amor feito Poesia disse...

Prefiro os grandes pensadores, que com seus pensamentos, suas citações, com trechos de seus livros ou músicas, conseguem me fazer viajar, conseguem traduzir o que não sei expressar, dizem por mim o que não sei falar.

Wanessa Baptista

Beijos e carinhos à todos...M@ria

Lou Albergaria disse...

ADOREI SEU SONETO, MESMO NÃO SENDO MUITO FÂ DA POESIA TÃO TÉCNICA, TÃO APRISISIONADA DENTRO DA FORMA PERFEITA; MAS VC ME SURPREENDEU PELA DELICADEZA, SUAVIDADE E BELEZA, AINDA QUE OS VERSOS ESTEJAM TRANCAFIADOS EM UMA GAIOLA. MAS SÃO BELÍSSIMOS VERSOS, SEM DÚVIDA...

PARABÉNS PELA TÉCNICA E PELO LIRISMO DOCE E TERNO... embora eu os prefira mais livres e soltos voando por um horizonte a perder de vista...

Bela imagem também da foto!!!

BJS!!!!

Lou

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Oiê, que sejam beijosssssssssssssssssssssssssssssssssss !!!!!!!!!!!!

POESIA EM VERSOS disse...

Corujando ainda é?
To aki quebrando a cabeça nesse blog.....até o nome mudei.
Me dá uma luz ai.....To na duvida
Poema em verso??????

POESIA EM VERSOS disse...

Poema em Versos
Poema em Verso
Poesia em Versos

Hummmmm....já esquentou minha cabeça BJOOOOOOOOO..Bom diaaaa

POESIA EM VERSOS disse...

Vou deixar a bomba na sua mãoooooo
Batize-o colocando o nome rsrsrs

POESIA EM VERSOS disse...

Poesia & Flores

Poemas & Poesias ??????????

POESIA EM VERSOS disse...

gosteiiiiiiiiiiiii

VIDA EM POESIA.

SEMEANDO POESIA

kkkkkkkkkkk.......aiaiaia

POESIA EM VERSOS disse...

AFffffff.......lindissimo tambem
e agora qual???

POESIA EM VERSOS disse...

Veja agoraaaa......Obrigadaaaa
Ameiiiiiiii......Fica com Deus..Bj

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Olá, querido! A tarde é de oiro rútilo, esbraseia, vamos contempla-lá?
Beijos, Carlos! O seu poema é de deixar a lagriminha rolar dos meus olhos*



A tarde é de oiro rútilo: esbraseia.
O horizonte: um cacto purpurino.
E a vaga esbelta que palpita e ondeia,
Com uma frágil graça de menino,

Pousa o manto de arminho na areia
E lá vai, e lá segue o seu destino!
E o sol, nas casas brancas que incendeia,
Desenha mãos sangrentas de assassino!

Que linda tarde aberta sobre o mar!
Vai deitando do céu molhos de rosas
Que Apolo se entretém a desfolhar...

E, sobre mim, em gestos palpitantes,
As tuas mãos morenas, milagrosas,
São as asas do sol, agonizantes...
Florbela Espanca*


Have a nice day************

Mulher na Polícia disse...

Carinhoso e delicado,
E as meninas suspiram...

: )

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa noite, meu querido. Beijosssssss

*Anjo

Sou um anjo

Abro as minhas asas

Para descobrir o esplendor do mundo,

Ajudar os corações partidos,

Dar a esperança para continuar,

Aliviar as suas dores

Combater os seus medos,

Sou pomba de asas brancas,

Meu coração é doce e puro,

Meu canto suave e risonho

Embala-te para que durmas

E tenhas lindos sonhos...

Poema da Renata*

+ Kisses

Vieira Calado disse...

Bem escrito

bem redigido

este soneto.

Saudações poéticas

CamilaSB disse...

Muito bonito o seu soneto
doce e puro como o amor...
"em suas asas me transporto e voo..." BJS!

REGGINA MOON disse...

Machado,

Lindo soneto Poeta!Parabéns!!

Tenha um bom final de semana...muita paz e poesias...

Beijos,

Reggina Moon

Amor feito Poesia disse...

A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos.

Charles Chaplin


Saudações Poéticas e BOM FDS!! M@ria

♥ Sussy* disse...

Wow que bello poema me encanto leer algo tan lindo y con tanto sentimiento... un beso y un saludo hasta pronto.

Caminhos Poéticos disse...

"As vezes ouço passar o vento; e só de ouvir o vento passar, vale a pena ter nascido."

(FERNANDO PESSOA)


Feliz Noite e BOM FDS...M@ria

POESIA EM VERSOS disse...

Se quiseres saber quem sou
Siga a trilha da bondade,
Ame! de toda a verdade,
e saberás,... Eu sou o Amor!

Dolandmay

Bom Sábado e beijos meus! M@ria

Dica Cardoso disse...

Delicadeza... Sutileza... Leveza...
E vejo como é doce o flutuar
Quando encontro-me por entre tuas palavras
Um murmúrio branco e estou a levitar!

E busco no encanto das letras tuas
As notas das canções que suavemente compõe
E nessa doce melodia a harmonia é nua e crua
Será que ei de aterrissar em terras suas?

Dedos que descrevem o alvo
Palavras que tocam o claro
De cantigas que ninam e embalam

Ouço o som instrumental
Livre, solto, límpido, sem igual
Teus sonetos são canções que dissipam o mal

Dica Cardoso

POESIA EM VERSOS disse...

E ai meu querido, voce gostou do novo visual do blog?
Bom dia e fica bem....Beijos!!

Pérola disse...

Somos os dois sensíveis,portanto faço minhas suas palavras.
Que bom ler o q vc escreve.
Beijos meu querido e muita luz em meu,seu e no coração de todos.
Um beijo imenso e obrigado pelo seu carinho.
Beijokas.

Caminhos Poéticos disse...

Sentimento não se define,
Saudade não se justifica,
Amor, a gente sente!

Neusinha

Beijos e boa noite de Sábado!!

Pérola disse...

Fico impressionada com o seu talento,vc une as palavras de uma forma singular que enobrece a gente e numa rapidez impressionante!!!
Eu ao contrário preciso de tempo para me reorganizar e minha inspiração nem sempre é a contento rs.
Sem comparações, vc é um poeta e poeta já tem no coração um repertório inteiro de emoções,ñ precisa de tempo e nem de inspirações pois estes já estão acoplados na alma,ninguém os muda independente da condição q se está vivendo creio eu rs.
O poeta até por baixo dos temporais tem sempre algo bonito para dizer,meu Deus!!! O q seria de mim sem vocês rs.
Eu ameiiiiiiiiiiiiiiiiii,muiiiiiiiiito obrigado.
Acho q estamos sintonizados,gosto disso.
beijos milllllllllllllllll

Glória disse...

Passou uma sensação de serenidade. Bonito!
Bjos
Glória

Lou Albergaria disse...

Já que possui esse DOM extraordinário para os SONETOS não deve desperdiçá-lo de forma alguma.

Admiro e respeito profundamente seus versos, sem falar que me encantam de uma forma muito terna e cativante...

Continue com seu estilo que é soberbo e encantador...

SUPER BEIJO!!!!

M@ria disse...

Todo o amanhecer é mágico,
é a vida que nasce e floresce
orvalhada dando uma nova chance,
mostrando novos caminhos...
_É DEUS dizendo que nos ama.

Valquíria Cordeiro

Feliz Noite de Sábado! M@ria

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

Boa noite, meu querido. O teu lindo poema está no nosso eu e daí há tempos, e nem está nem aí.
Beijos pra ti********

*É urgente o amor.
É urgente um barco no mar.
É urgente destruir certas palavras,
ódio, solidão e crueldade,
alguns lamentos,
muitas espadas.

É urgente inventar alegria,
multiplicar os beijos, as searas,
é urgente descobrir rosas e rios
e manhãs claras.

Cai o silêncio nos ombros e a luz
impura, até doer.
É urgente o amor, é urgente
permanecer.

Eugénio de Andrade*