sábado, março 18, 2017

Amor, Incrível Amor!



Amor, Incrível Amor!

Na noite, arbustos bailam sob o vento...
Lá do Céu, a flor angélica brilhou!...
O coração confuso se calou;
Inda sinto o calor do apartamento!

— Guardei tua voz, Amor, no pensamento!
A secura na boca me calou,
Tomo cerveja, fito a ave que voou!...
... E tenho o teu amarige do momento!

A alma não é alma nesta vã ferida,
Contei as marés das ondas da tua vida
Quando caiu uma rosa azul da Altura!

O pássaro pousou no galho branco,
No bico, a energia enviada pelo Anjo...
... Estávamos às margens da Luz Pura!

Machado de Carlos


Ribeirão Preto, 24 de junho de 2004.
18h45 min.

Enviado por Machado de Carlos em 09/07/2008
Reeditado em 15/03/2017
Código do texto: T1072713 

Enviado por Machado de Carlos em 14/03/2017
Reeditado em 15/03/2017
Código do texto: T5940250 


Estelar


Estelar

No magazine, tu és grande notícia
Embebedo-me à sombra do carvalho
Estudo o mundo, assim, tão solitário
Divirto-me, em dia, com a tua malícia!

Tuas palavras têm ares de carícia
Na sinfônica voz do meu canário
Contemplo as flores nos cristais do orvalho
Como o teu pão de mel, doce delícia!

Num urro de prazer do chocolate
Beijo o teu anel precioso de escarlate
Na luz dos teus cabelos de menina!...

No buril do diamante da pureza
E ao som do amor no brilho da nobreza
Beijo os teus pés na noite cristalina!...

Machado de Carlos

Enviado por Machado de Carlos em 08/02/2010
Reeditado em 18/02/2017
Código do texto: T2075151 
Classificação de conteúdo: seguro

Enviado por Machado de Carlos em 18/02/2017
Reeditado em 18/02/2017
Código do texto: T5916699 
Classificação de conteúdo: seguro

Sonho Estelar



Sonho Estelar

Vieste eufórica, toda de vermelho
Ouvi a canção do espaço só pra mim
Incontinente nua diante do espelho...
No lindo e colossal mar de cetim

Testei tua flor; gosto de caramelo...
Na dança deliciosa e cor jasmim,
Depois do sonho acariciei teu zelo
No grito multicor chegaste ao fim!...

Beijei a perfeição incrível do teu plexo
E na magia de todos os segundos
Partimos para além; na via sem nexo...

Em tua luz naufraguei perdidamente
Ainda embriago nos mares do teu mundo
Na memória estão as cores mais ardentes!...

Machado de Carlos

Ribeirão Preto, 23 de novembro de 2003.
1h00 min

Enviado por Machado de Carlos em 06/07/2009
Reeditado em 23/02/2017
Código do texto: T1685668 

sexta-feira, fevereiro 10, 2017

Concerto Eterno


Concerto Eterno

A alegria nasce na tecla do piano
Muito sonhara com as luzes da aura
Ao vislumbrar a face; — Ah, poça d´agua;
da realidade do som neste Oceano!...

Tudo segue feliz além do plano...
No orbe estelar sentimos a flor da alma
E os castiçais rompem momentos mágicos
Com os carinhos certos; (— Soberano!)

Tudo se transforma no mundo, (— "ameno")
Na cadência do Amor Maior e pleno,
Passos a passos no tempo veloz…

Já podemos ouvir o canto virgem!...
Venceremos as crises da vertigem!
Nesta solidão; — não estamos a sós!

Machado de Carlos