quarta-feira, novembro 26, 2008

3 comentários:

Olhos de mel disse...

Doce poeta! Como um ser tão lindo e tão cheio de sentimentos, pode se achar ínfimo? Olha os belos e sonhadores poemas que escreve? Isso é de uma grandeza infinita! Sonhe doce poeta! Porque os sonhos nos deixam a possibilidade de realizar, o desejo de concretizar e nos faz escrever esses sonhos em formas poéticas.
Beijos

Machado de Carlos disse...

Saudade da Menina
Machado de Carlos
http://ilove.terra.com.br/autores/texto.asp?idpi=1859

Onde estará a alma desta alma?!
Olho pro Céu!...E em vão a procuro
Aflito nesta noite fria e calma...
...vejo no poema o real escudo!

Por que Deus colocou o anjo tão longe?...
Por que cerra a noite recolhida?...
É tarde!... Vejo o Sol com cor de bronze,
E além do horizonte está a outra vida...

Fecham cortinas... São palavras minhas...
Olvido a ânsia das vãs vontades,
Conto o alfabeto, e, nas parcas linhas;
Além de tudo mora a saudade!...

Olhos de mel disse...

Oie lindinho! Lindo demais, viu? Aliás, como tudo seu que tenho lido. Saiba: fiquei emocionada com tanto carinho.
Infelizmente, existem respostas, que só a Deus, pertencem. Que ele ilumine seu caminho, seus sonhos e registre a sua doce alma em um lindo pergaminho!
Bom fim de semana poeta!