quinta-feira, novembro 13, 2008

Um comentário:

Olhos de mel disse...

Lindo demais, doce poeta! O amor sempre vale a pena. Se ficou uma pétala, ficou a esperança... A razão, lindo poeta, está em seu belo coração!
Beijos