sexta-feira, novembro 07, 2008

चेगादा फेलिज़!

Um comentário:

Olhos de Mel disse...

Oie lindinho! São tantos dias de separação, que fica difícil dizer, em verdade, quantos dias, realmente, são.
As vezes, nas contas, nem sempre são tantos, quanto parecem, em meio a tanta saudade, esses dias, se tornam eternidade.
Como sempre meu amigo, um belo soneto! Gosto quando nos versos percebo, plenitude e felicidade