terça-feira, setembro 02, 2008

Solidão

Um comentário:

Olhos de mel disse...

Meu amigo lindo! Nem me fales de solidão, porque eu também, muito a sinto! Apesar de não ter perdido meu amor, anda tão longe, que tua morte até pressinto. Teu belo poema me tocou demais, não só pela beleza, mas pela mensagem que traz.
Beijos