sábado, setembro 06, 2008

Fim da Linha

Um comentário:

Olhos de Mel disse...

Oie lindo! Em meio a tanta tristeza e esperança perdida, tentei encontrar a fé, um pouco de crença na vida.
Contudo, entre esses percalços, existem o brilho dos poemas, as doçuras, nos escritos do poeta tentando curar a ferida.
Fique bem, viu? Beijos