sábado, fevereiro 28, 2009

3 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

Olá Poeta Carlos, tantos anos aqui em nossa companhia , sempre com belíssimos sonetos. E, você sabe que sou sua admiradora de verdade, pois quando editava sua poesia, subia aos céus, dentro dos seus versos.
Responderei sua pergunta ao e-mail,
com admiração,
Efigênia Coutinho

Olhos de mel disse...

Meu doce poeta! Com certeza Deus é quem mais olha por ti. E, se as almas boas te sopram canções aos ouvidos, é porque no fundo do teu coração esconde o teu maior tesouro; a tua alma nobre e esse teu belo coração.
Quando tu sofres, lindinho e deixas permear tristeza em teus versos, é a natureza acalentando tua alma e fazendo chegar até ti, as mãos amigas a acarinhar teus cabelos.
Hoje o milagre da vida é a própria vida e se ter uma alma linda, cheia de amor e carinho e nisso, tu és rico e eu o admiro demais!
Fique bem, viu? Beijos

Deusa Odoyá disse...

Olá meu novo amigo Poeta carlos.
Um lindo e sensivel soneto.
Parabéns...
Voltarei mais vezes.
Uma semana abençoada por Deus.
Beijinhos doces, meu amigo.
Regina Coeli.