quinta-feira, março 26, 2009

3 comentários:

Olhos de mel disse...

Querido poeta! Nunca estará só. Ademais, com tanto encanto em sua alma, como pode ficar desencantado com vida? Tudo passa! E o que hoje lhe fez chorar, amanhã poderá lhe fazer sorrir, ou quem sabe? Novos rumos, novos sonhos, novos sorrisos...
Deixe que sua imaginação flutue e que os sonhos possam lhe fazer reinventar a vida. Eu sempre faço isso.
Beijos

Anônimo disse...

Estou sempre com você amado de minha alma!
Lembra que és meu amado imortal?!
beijos meus
te amo!
Paty

marcinha disse...

passeando pelo teu mundo!
adoro esta imagem bjs poeta!