domingo, janeiro 18, 2009

Um comentário:

Olhos de Mel disse...

Lindo poeta, muitas vezes também me sinto assim e em vão, tento afastar as lágrimas. Mas nessas horas, conseguimos escrever as dores da alma e você o fez com perfeição!
Boa semana! Beijos