sábado, julho 17, 2010

Minha noite está na onda do fado...


Minha noite está na onda do fado...
Os pensamentos voam além-mar...
No firmamento procuro a estrela pra amar;
- sou a única voz que se embriaga!...

Na aurora boreal apenas divago!...
(Conformo!...) - já estou no mesmo luar...
- Um bem-te-vi não pára de cantar,
Feliz mergulha ao fundo do lago...

Quero que teu sonho seja só meu;
que o brilho do anel róseo-camafeu
não seja somente uma fantasia!...

Nos versos quero ser o cancioneiro
a vibrar às margens do ribeiro,
E oferecer-te esta simples poesia...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1292378

31 comentários:

Luís Coelho disse...

Um soneto cheio de nostalgia e fado.
O fado além fronteiras reflectido nas estrelas da saudade e com aquele gosto do vinho que nos embriaga.
Um bom fim de semana

ღPat.ღ disse...

O fado é maravilhoso em todas as ocasiões do Amor.
Viva não somente em fantasia, mas na realidade do desejo que tenho de ter-te comigo. E é assim que passa a impressão deste lindo soneto. O Amor que pede para ter vida.

Um beijo com carinho.
Obrigada sempre por tua nobre presença em meus blogs.

rosa-branca disse...

Um soneto cheio de sonho e fantasia. Adorei. Beijo meu

Tania regina Contreiras disse...

E a Musa, como sempre, Machado, recebe os teus versos. apixonado pomea.
Abraços,
Tânia

Sandra Botelho disse...

Lindo de viver...
E que seu amor esteja em seus braços...
Bjos achocolatados!

Srt . Vasconcelos disse...

Lindo *-* Este soneto me obriga a pensar em coisas boas. Escreva, escreva sempre.

pINEL disse...

Lindo soneto,amigo. Parabéns pelo blog. Está muito bonito.
Voltarei com mais calma.

Grande beijo.

Isabel Montes disse...

Os pensamento voaram para além do mar e... chegaram até aqui!
Lindo!

«Nas asas da minha mente
Esvoaço pelo horizonte
No infinito sem f i m
Sinto-me planeta importante
Estilhaço d’outro distante
Que existe dentro de mim»

in NAS ASAS DA MINHA MENTE

Com amizade,
Isabel Montez

http://isabelmontes-poemas.blogspot.com/

Amor feito Poesia disse...

"Amigos são flores plantadas ao longo
do nosso caminho para que saibamos
encontrar primavera o ano todo."

(Letícia Thompson)

Feliz Sábado e beijos na alma...M@ria


Obs:Tem selinho aqui,um carinho prá voce!Leve-o.

Tere disse...

meu amigo poema lindo...bem é vc!ora pois pois!beju tere.

Amélie Bouvié disse...

Que coisa mais linda! Amei seu blog.
Beijos.

Saozita disse...

Estimado amigo Machado Carlos, que lindo soneto com que nos presenteia. O fado, é sempre uma história de vida e deve ser vivido em espiritualidade e na essência do mesmo. Aínda que voando nas asas da imaginação.

Tenha um bom fim de semana.
Beijinhos

Juliana Carla disse...

Boa noite Machado!

No Braille da alma tem um desafio para você. Se quiser cumprir a tarefa, por gentileza, dá uma passadinha lá.

Bjuxxxx e xerooo querido.

M@ria disse...

que sintamos o amor
e o desabrochar de uma flor
que um dia foi semente...
E que renasçamos sim...
Se preciso for... Diariamente".

Carolina Salcides


Um Domingo abençoado prá ti!
Beijos poéticos....M@ria

Úrsula Avner disse...

Simples poesia, porém cheia de lindas imagens poéticas e sensibilidade... Obrigada poeta por suas amáveis palavras em minha penúltima postagem ; elas afagaram meu coração. Grande abraço,

Úrsula

garoto cientista disse...

Meninu, belo poema, parabéns, é sempre um prazer passar por aqui. Tenha uma ótima semana.

MEUS POEMAS disse...

Adoro vir aki ler seus poemas, tão lindossss!
Apareça no meu, vc ta sumidinho....
Bjsssssssss
Gena

Amor feito Poesia disse...

se um dia eu cair no abismo de rosas
não olhes para baixo, mire as estrelas,
pois é no firmamento que meu espírito
passeia feito um beija-flor-poeta.


Sérgio, beija-flor-poeta


Te desejo uma semana de paz!
Beijos poéticos....M@ria

Pérola disse...

Eu estou assim agora,vindo buscar os meus amigos pelas orelhas rs.
Vc tá sumido heim mocinho!!!
Nostálgico o seu poema mas de uma doçura sem igual.
Parabéns poeta.
Beijo grannnnnnnde e uma exelente semana.
Beijokas.

REGGINA MOON disse...

Machado,

Passando para te desejar uma ótima semana, repleta de Amor & Poesias!!!

Grande beijo Poeta!

Reggina Moon

ONG ALERTA disse...

Simples e linda, paz.
Beijo Lisette

Lou Albergaria disse...

Belíssimo poema! Mais um para a imensa coleção de grandes e maravilhosos Sonetos.

Estava com saudades de ler seus poemas. No DIÁLOGOS POÉTICOS seus poemas são um pouco cáusticos, pessimistas, trazem uma certa amargura. Já aqui "na sua casa" você nos apresenta sempre poemas mais aconchegantes, calorosos, com mais esperança. Por isso, gosto de você mais aqui em suas cercanias.

Adorei quando mencionou a palavra 'cancioneiro', pois me fez lembrar de meus Grandes Mestres THIAGO DE MELLO e MANOEL DE BARROS.

Obrigada por este lindo poema e pela lembrança que suscitou em mim!

Beijos!!!!

Por favor, mude o nome lá do Selo que te ofertei. Não existe essa INANNA; todos já sabem que Lou Albergaria é a LOBA DE RAY BAN...

Beijos, Lindo!!! Para com o mau humor, hein?!!

CamilaSB disse...

Há tantas estrelas no firmamento
O “fado”é não alcançar a que se quer amar…
À estrela que nos arrebata o pensamento
E nos deixa numa “onda” a divagar…

Olá Machado...parabéns pelo belo soneto! Beijinho e uma boa semana!

Sandra disse...

BOA TARDE!!!

A DISTÂNCIA NOS PERMITE ESTAR SEMPRE JUNTOS NESTA VITRINE VIRTUAL E COMPARTILHAR MOMENTOS MUITO BONS. POR ISSO AGRADEÇO DE CORAÇÃO A SUA PRESENÇA; COMO É BOM TER VC COMO AMIGO VIRTUAL E ESTAR PRESENTE NESTA ESTAÇÃO, CHAMADA BLOGSFERA-INTERNET- BLOGS, NÃO IMPORTAO IMPORTANTE É QUE ESTAMOS AQUI, NESTA SINTONIA, NESTA MAGIA, QUE SEMPRE NOS UNE.
É UM LAÇO QUE NOS UNEM PELOS BONS SENTIMENTOS.
FALAR DE AMIZADE É FALAR DAS CONQUISTAS A CADA DIA. GANHAR UM NOVO AMIGO É TER A CERTEZA QUE A VIDA CONTINUA EM SUA PLENITUDE. ULTRAPASSANDO AS FRONTEIRAS SEM LIMITES, SEM MEDOS, SEM PRECONCEITOS. SIMPLESMENTE AMANDO E CONQUISTANDO. NÃO IMPORTA SUA RAÇA COR, CREDO, FÉ. O IMPORTANTE É ESTAR AQUI E DIZER O QUANTO NOS ADMIRAMOS, NOS RESPEITAMOS E AMAMOS. OFEREÇO A VC UM LINDO E BELO SELINHO DA NOSSA AMIZADE CONQUISTADA. CURIOSA AMA VC. POR ISSO UM SELO EU TE AMO, PARA SELAR AINDA MAIS AS NOSSAS FRONTEIRAS, A NOSSA AMIZADE.
CARINHOSAMENTE,
SANDRA

CURIOSA!
AGRADECE IMENSAMENTE A SUA AMIZADE E ASSIM COMO MEUS DEMAIS BLOGS.
OBRIGADA PELA SUA CONFIANÇA E RESPEITO. ADMIRO MUITO VOCÊ!!!!

VENHA SEMPRE, ESTAREI SEMPRE TE ESPERANDO.

Insana disse...

Lindo poema, um sentimento de saudades.

bjs
Insana

Pérola disse...

Ah!!Bom,tá perdoado rs.
Um beijo grande e uma linda noite.
Beijokas milllllllllllllllllll

Cris de Souza disse...

Essa onda encobre qualquer lucidez...

Beijos!

Pérola disse...

Respondendo a sua pergunta.
O vento leva sim,mais tem areia pra caramba,a gente faz outro rs.
Beijokas e muito obrigado pelo carinho da visita.
Beijokas.

Vinicius disse...

Meu amigo Machado de Carlos, não o conheço mas não preciso conhece-lo para saber que você escreve muito bem.Gostei muito de sua poesia pois você começa com um começo inspirador,e termina com frases simples para acalmar os leitores.Ja sou seu seguidor, e se tiver um tempinho entre no meu blog osmeusdias-roja.blogspot.com

Sílc disse...

Machado Carlos: Linda essa Casa. A outra eu já há sigo, mas acabei de entrar e estou passeando por aqui e me deliciando com 'Fado". Morei 7 anos em Lisboa, e minha Filha já não volta mais. Sua morada é la. Foi bom te-lo visitado e sempre um lindo aprendizado.
com afeto, amor e carinho,
Sílvia
http://www.silviacostardi.com/
PS.: Pode ir na minha Casa? Está convidado a passear por ela e deichar até um retalhinho que ficarei feliz.
Volto sempre nessa Casa sudosista!

Carmem disse...

"...comigo mesma?"

VOCÊ ME QUESTIONA????
Tô brincando...

Sim, senhor! Pertinente, sua observação, meu poeta.
E despertaria debate aceso, intenso! durante horas ou talvez dias?!
Logo a mim, apaixonada perdida por temas controversos, que nos mexem com as entranhas da alma(?); ou simplesmente, como preferirão outros, desencadeiam em nós reacções químicas tão bem estudadas, sabe-se lá por qual obscuro químico...

Mas, limito-me a devolver-te a petulância: a pretexto de te fazer pensar.
Se o poeta quiser gastar seu tempo, claro, se "desgastando" com minha vã filosofia ;)

Eu lhe pergunto: quantas vezes, quando parecemos estar conversando com alguém, não estamos apenas "falando com nós mesmos"?
Se o outro não "alcança" nosso pensamento, se tá se marimbando, ou muitos "ses"...
Com quem estamos a conversar?

Não se coíba de "se marimbar" para minha petulância: não me chateio :)))

Mas quem sabe, descubra o prazer da eletroafinidade, que apesar de desgastante, fortalece o átomo.

A propósito: Gostei imenso de me deixar levar nessa sua onda que ruma além-mar.
Mas, com certeza, poeta, não serás "a única voz" a se deixar embriagar...

abç