terça-feira, julho 13, 2010

Fim da Linha





Ela, uma louca locomotiva;
As rodas cortavam o aço inocente,
E eu? – Mera alma parca e esquecida,
gravava as letras mortas da existência!...

Ela vai e vem, e deixa suas feridas...
O tempo ignora o tempo da carência...
Abrem portas e fecham portas sem saídas,
as rugas medem a rude vivência!...

A grilheta se romperá ao luar?
As águas correm... o mesmo tédio!...
A voz nunca muda... É o mesmo cantar!...

A visão se perde contra o Rei Sol
... muitas receitas, poucos são os remédios...
Termina e nasce outra vida maior!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1164979

39 comentários:

Luís Coelho disse...

"Ela vai e vem, e deixa suas feridas..."

Mais um soneto com marcas e feridas que se abrem em cada dia.

Tania regina Contreiras disse...

"Termina e nasce outra vida maior..." Penso na imagem de hoje, que não é da Musa em carne e osso, mas continua a trazer as marcas do Feminino.
Abraços,
Tânia

Tania T. disse...

Que profundo...

Amo ler os seus posts, pois sempre me sinto tocada por eles.. *-*
Amei.

bjos'

Wanderley Elian Lima disse...

Muitas receitas e poucos remédios, é que as vezes a dor é tão grande que não tem cura.
Grande abraço

Pérola disse...

Indas e vindas,muitas vezes alegrias outras vezes dor.
Amei o seu poema embora eu tenha achado triste o título ñ vou negar.
Porém o conteúdo carregado de um beleza ímpar.
Quer dizer q vc é o amor q estou procurando?(Brincadeirinha)O poema postado no meu blog foi só para homenagear o poeta rs.
Grannnnnnnnnnnnnnnnnnnde Machado,o princípe das palavras.
Obrigado pelo carinho.
Beijokas milllllllllllllll

romantic disse...

como são lindos teus versos ,um bom dia pra vc!

Tere disse...

muitas receitas,poucos remédios!ainda bem!Termina e nasce outra vida maior!!!viva,beijos tere.

Sandra Botelho disse...

Eu já não tenho palavras de elogio pra dar aos teus escritos. então simplesmente dou a ti minha admiração mais profunda e meu carinho maior.
Obrigado pelas lindas palavras em meu blog.
Você é mesmo especial!
Bjos achocolatadérrimos...

Pat. disse...

O Amor é assim, não?
Idas e vindas mas sempre presente em nós.

Beijos querido poeta encantador.
Obrigada por compartilhar lindos sonetos e por tuas visitas em meus humildes espaços.

Ester disse...

Oi Carlos!

Prazer em recebê-lo no "Sobre Pele"
O "Uni-Versos" é minha outra pele, seja bem vindo aos dois!

Maravilhoso seu blog! Encontro de cores, poesia e muita sensibilidade!

Contente de acompanhá-lo tanto aqui quanto no Recanto das Letras!

grande abraço!

Rafael Castellar das Neves disse...

Boa!! Ótima descrição...sempre gosto de ver as formas que "ela" é proposta!

[]ss

Sandra disse...

TE CONHECI HOJE ATRAVÉS DE UMA LINDA AMIGA.
VENHA VER QUEM ESTÁ COMIGO AQUI.
http://sandraandradeendy.blogspot.com/
FICAREI MUITO FELIZ EM TE RECEBER.
CARINHOSAMENTE,
SANDRA

Sandra disse...

PARABÉNS PELO SEU LINDO BLOG.
JÁ ESTOU LINKANDO VC. NAS MEUS BLOGS.
CARINHOSAMENTE
SANDRA

SEGUINDOOOO!!!!

Srt . Vasconcelos disse...

Um dos sonetos mais lindos seus que eu já lí, querido *-*
Continue escrevendo, nunca pare, é uma benção.

Úrsula Avner disse...

Olá poeta, belos e sensíveis versos... Obrigada pelo carinho de sempre. Grande abraço,

Úrsula

Pérola disse...

Fique a vontade amado.
Um beijo grande.

romantic disse...

visitar vc tbm é uma emoção querido acredite um bjo!

Luciana N disse...

Oi Carlos

Gostei muito da tua postagem sempre acho elas sensiveis e gosto muito disso.

Bjs


P.S:Obrigada pelo comentário bom saber que tu estuda sobre esse assunto por que como não entendo já falo o que penso.

MEUS PENSAMENTOS disse...

seu retorno muito me honra,tenha um lindo amanhecer!

legalmente loira... disse...

querido Machado,
um linda nota músical em escala altissima.
A grilheta se romperá ao luar?As águas correm... o mesmo tédio!...A voz nunca muda... É o mesmo cantar!...
perfeito...
saudades.
lindo dia bjos.

Pérola disse...

Bom dia meu querido.
Obrigado pelos elogios,nem tudo o que eu escrevo é direcionado a mim.Esse post atual foi de um acontecido chato que ocorreu com uma amiga e eu só fortaleci o enredo. Se for contar exatamente tudo o que aconteceu,além do texto ficar longo e chato eu ainda exponho quem ñ devo. Assim fica melhor pq reflete a realidade nua e crua dos nossos dias atuais.
O que vc disse lá na minha concha de fato é verdade e fico muito triste com o andar da caruagem mas a vida ñ para e ñ podemos nunca perder as esperanças.
Acreditar no amor verdadeiro é uma dádiva e vou seguir aquela linha de que ñ existe uma tampa para cada panela,o que existem são pessoas e únicas o que falta na verdade é habilidade de contornar as situações difíceis,compreender e ceder,isso é,se valer a pena tem isso também nem sempre quem está com a gente nos merece de fato e se vc chega a esgotar todas as possibilidades e seu esforço ñ é reconhecido aí vc tem que chutar o pau da barraca, mas se vale a pena o esforço é imprescindível.
Os relacionamentos atuais sem generalizar ñ perdem muito tempo com isso,qualquer razão é fim pronto e acabou e a busca pelo parceiro ideal aumentando.Ñ tem aquele ditado que dizem que quem nos ama de verdade pode estar ao nosso lado. Eu tenho um fato bem engraçado de uma amiga que se separou do marido e com o passar dos meses se tornaram amantes,namorados para ser mais exata e estão conduzindo assim de uma forma ímpar. Ou seja,ela procurou,procurou e quem ela encontrou? o marido só o que mudou foi o cenário rs. Então o q agente precisa é buscar alternativas para que as coisas caminhem bem, eu penso assim rs.
Um beijo amado.

MEUS PENSAMENTOS disse...

fortes palavras la deixadas eu as recebo com muito carinho,obrigada pela doçura da sua companhia.bjs!

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Grande Machado. Poesia com filosofia. Um abraço

Juliana Carla disse...

Machado,

Vi em destaque uma poesia sua no blog SINAL DE LIBERDADE - UMA EXPRESSÃO DE SENTIMENTO da minha queridíssima amiga Sandra. Também, já tive poesias minhas publicadas neste cantinho especial! Coisa boa!

Bom, em relação ao FIM DA LINHA, interpretei como sendo o fim de um relacionamento ou o esgotamento da vida... Independente do que seja ainda bem que no final alimenta esperança: “Termina e nasce outra vida maior!”.

Bjuxxx e xerooo querido

Amor feito Poesia disse...

"Tenta te orientar pelo calendário das flores, esquece, por um momento os números,
a semana, o dia do teu nascimento. Se conseguires ser leve, aproveita, enche tuas malas de sonho e toma carona no vento."


- Fernando Campanella -

Te desejo amor e paz...Beijos M@ria

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta
Um belo poema...sentido dorido.

Beijinhos com carinho
Sonhadora

Chris Amag disse...

Olá, querido Carlos, obrigada pelo carinho!

Lindo o seu poema "Fim da linha", às vezes, não vale a pena insistir, melhor é mudar o caminho, sair dos trilhos, pois existem outras direções, novas paisagens, melhor é estar na "direção", que ser levado...

Bjs
Chris

Luciana N disse...

Oi Carlos

Obrigada pelo comentário muito bem pensado e escrito gosto de ler tua opinião é muito sincero e inteligente.

Bjs e boa noite

ஐ¸.*Lady *.¸ஐ disse...

Cada palvra lida aqui, toca suavemente meu coração.
Tenha uma noite de paz.
Com carinho, Lady.

Caminhos Poéticos disse...

Olá......Hoje,
Vou te fazer um verso,
Uma canção...
Vou te arranjar um banquinho cativo
Neste meu coração.


Te desejo paz e alegrias...M@ria

Pérola disse...

Bom dia meu querido.
Vim te deixar o meu carinho.
Beijokas.

legalmente loira... disse...

querido machado,
mais um lindo poema
que encanta meu coração.
bjos.

Maria disse...

Amigo, como sempre mais um poema intenso e brilhante, adorei.

Tenha um feliz fim-de-semana

"Não existe um caminho para a felicidade. A felicidade é o caminho." (Mahatma Gandhi)

bjs do tamanho do infinito
Maria

♥ Sussy* disse...

Carlos Amigo, seus sonetos são tão profundas e inspiradas
Eu amo como você mesclar cada letra, você é tudo que um poeta completo
Eu admiro muito, e visitar um prazer
Um beijo.

Pérola disse...

Obrigado eu.
Li o seu comentário assim como o de outras pessoas mas infelizmente por hora ñ consigo aceitar,está dando erro.
Beijos mil e uma linda noite.

legalmente loira... disse...

meu poeta musical..
lindas suas palavras..
você é especial.
bjos com carinho..

Magia da Inês disse...

Amigo poeta... é tão triste!!!
É como suspiros da alma... só nós sabemos!...
Bom fim de semana!!!
Com tudo de bom, viu?...
Beijinhos.
Itabira
Minas

"Cantinho Poético" disse...

Um novo dia virá
Junto a uma brisa suave.

BOM FDS.......Beijos M@ria

Cris de Souza disse...

Todo beco tem saída...
O limite é a ultrapassagem!