terça-feira, julho 06, 2010

Cascata de Luz



O vento mistura os cabelos soltos...
Bebo a taça com uva e Baccardi;
Beijo a sua marca, e, você só sorri!
Estou vivendo o momento, absorto...

Muito sonhara apenas com um pouco...
No seu muito, somente estremeci!...
Desde o primeiro dia... Só enlouqueci!
Só sei que você é o meu conforto.

Você está na poesia e na prosa,
Viajo no seu corpo cor-de-rosa!...
Tomo do cálice do amor com rum.

O seu prazer final é o meu brinde!
Trato o seu coração com requinte!
Sem ele, meu amor: - vou a lugar algum!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1425652





33 comentários:

Pérola disse...

Boa noite amado,vc está recebendo comentários?Os blogs estão doidinhos rs.
Estou sem nenhum comentário, ñ os vejo e para quem me visita vê mas nem todos estão lá.
Estava lendo a sua postagem muito linda,bela cascata amado.
Sensacional.Parabénssssssssssss.
Beijokas.

Tere disse...

belo poema meu caro!cpmp sempre.beijos tere.

Wanderley Elian Lima disse...

Realmente alguém especial, torna-se o nosso rume e o nosso leme.
Abração

Caminhos Poéticos disse...

A vida é sempre a mesma para todos: rede de ilusões e desenganos. O quadro é único, a moldura é que é diferente.

Florbela Espanca


Feliz Noite.....Beijos meus!!M@ria

Felina Mulher disse...

A poesia contida em suas rimas são lindas meu anjo!
E escrever alguma coisa fica tão difícil, diante de tanta perfeição...!


Um beijo com carinho.

Tania regina Contreiras disse...

Noooosa, esse poema, heim??? Ah, Machado, ficamos curiosas com essa sua musa (ou musas), que rende tantos versos apaixonados! :-)
Abraços,
Tânia

Inanna Demian disse...

QUE DELÍCIA DE SONETO!!!

Sei que é muita pretensão da minha parte, mas deixa eu sonhar que eu te inspirei a escrevê-lo. POR FAVOR, TE IMPLORO, NÃO ME ACORDE NUNCA MAIS...

Se ninguém quiser buscar o Selo pra mim agora pouco importa...só de vê-lo bem à entrada de sua porta já valeu por toda e qualquer espectativa...
Não sei fazer sonetos, talvez nem poemas eu mereça... a poesia de mim escorre às vezes líquida, às vezes chamas, imensas labaredas, um vulcão que me inceideia, me denuncia... A minha inspiração vem é da vida, tão frágil e efêmera, mas também tão eterna e sublime.
Não sou poeta, nem Dama de seus sonetos, mas quando me emociono, as palavras se vestem em mim de poesia...

Obrigada, querido amigo!!!

Te quero um Bem tão grande que não cabe em seus belíssimos Sonetos, nem tampouco em minha manca poesia...

BEIJO!

garoto cientista disse...

Olha que este cálice com rum irá te embebedar. belo poema, parabéns.

Luciana N disse...

Oi Carlos

Adorei as tuas ultimas postagens tu sempre com bom gosto.
Bjs e uma linda noite

ღPat.ღ disse...

O Amor nos deixa fora dos trilhos...
Adoro esta sensação.

Obrigada amigo poeta pelo encanto de tuas palavras aqui, e em meu humilde blog.

beijos.

"Cantinho Poético" disse...

Voce está na poesia e na prosa....
mui lindoooooooo amigooo.Parabéns!

"Cantinho Poético" disse...

Na sintonia da emoção um beijo de coração prá coração...M@ria

M@ria disse...

"Palavras gentis podem ser curtas e fáceis de falar, mas os seus ecos são efetivamente infinitos."

(Madre Teresa de Calcutá)

Bons sonhos e beijos meus!! M@ria

Mulher na Polícia disse...

Embrigadar-se de um grande amor até bater papo com as estrelas.

Lindo esse poema, Machado.
De dar água na boca e vontade de tomar um vinho.

Um beijo!

Mulher na Polícia disse...

Bom dia!
Que foi? Caiu da cama hoje? Achei que eu era a única nesse horário na internet... Eu penso melhor de manhã, sabia?

Essa foto com esse título... Gosto daqui.

Um beijo, Machado!

Paty disse...

olá Machado, obrigada pela visita e pelo comentario poético no meu blog. É impressionante como consegue transformar tudo em poesia! Parabéns mais uma vez.

Valéria Sorohan disse...

Ola, eu não sumi! se vc reparar minhas postagens são quase diárias.
É que gosto da reciprocidade.

BeijooO*

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

E eu digo TIM TIM a esse belo trago de poesia e amor. Das melhores que o amigo já fez. Parabéns. Um abraço

Tania T. disse...

"Trato o seu coração com requinte!Sem ele, meu amor: - vou a lugar algum!..."

Ah, como seria bom se todos fizessem como você!! *-*

Amei o post, perfeito!!!

bjos'

Palavra Doce disse...

Olá olá! Achei seu blog por acaso e aproveito para convidar vc a dar uma passadinha no meu blog e ler doces palavras...
Boa semana!
Palavra Doce

REGGINA MOON disse...

Machado,

Lindo...como deve ser bom ser tratada dessa forma...

O seu prazer final é o meu brinde!Trato o seu coração com requinte!Sem ele, meu amor: - vou a lugar algum!...

Um beijo....Parabéns!!!

Reggina Moon

*Retire em meu Blog os selinhos em destque pra voce...!

Enfim 40 disse...

muito lindo poema...
volto mais vezes

Sandra Botelho disse...

Na sua poesia me atiro
em suas palavras suspiro
deito nos versos a descansar
e espero o meu amor me acordar...

Só algumas palavrinhas que vieram assim como inspiração do poeta.

Parabens amigo por seres um escultor das palavras.
Bjos achocolatados

Lua Nova disse...

A saudade me trouxe e fiquei feliz por vir. Que lindos sonetos, que doces poesias. Puz em dia minha leitura por aqui e sempre, sempre vale a pena. Um coração intenso, mas suave, uma alma doce, mas ardorosa.
Esse é vc que com suas palavras envolve e acaricia.
Beijos, querido.
Saudades de vc.

Atreyu disse...

As pessoas importantes da nossa vida são nossas guias sempre, elas nos deixam seguros

Marta disse...

Amar com os reflexos da luz a bater nos corpos....
Desejo, paixão vestidos de cor....
Lindo - gostei imenso....
Até já
Beijos e abraços
Marta

Pérola disse...

Creio q os blogs normalizaram rs.
Seu poema é muito lindo,cascatas de afetos também valem né.
Um beijo poeta.

Pérola disse...

Obrigado pelo seu carinho.
Vc é milllllllllllllllllllll

legalmente loira... disse...

oi querido machado,
adoro ler você la no meu blog.
sobre as notas musicais.
tem um profundo conhecimento.
ainda da tempo de dedilhar o piano.
conheceu um importante maestro
muito bom de ser visto.
que versos de pura paixão...
sua cascata inspira para o amor aquele que nos tira o chão.
lindo dia com carinho e bjos.

legalmente loira... disse...

querido machado,
concordo...
Dizem que os meus poemas são musicais. Somente aprendendo a música para me entender melhor.
por isto que digo do dedilhar ao piano...
bjos..

Non je ne regrette rien: Ediney Santana disse...

encontrar poetas e raro, poetas sonetistas mais ainda e vc é os dois

rouxinol de Bernardim disse...

A excelencia de braço dado com a sensibilidade poética!
Meus parabéns!

Cris de Souza disse...

Embriagante...
Digno de brindes homéricos!