quarta-feira, junho 16, 2010

Uma Luz No Meu Caminho


Uma Luz No Meu Caminho

Ela é a metade da minha alma,
o complemento, o resumo do amor.
Deus criou o átomo... e tudo começou...
O espaço é outro na noite calma!...

Ela chegou, doce, com sua luz alva,
o jardim aplaudiu a nova flor!
A rosa é mais rosa na sua cor!
... e o Céu se curvou à Estrela-D´alva!

Cintila a caixinha de pandora,
tenho o seu perfume nas minhas horas,
perco-me na emoção que se exprime!...

Vi no pergaminho a sua beleza.
Este tempo marca a sua realeza:
beijo os seus pés no momento sublime!

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1483260





21 comentários:

Machado de Carlos disse...

Marta Cosmo - Comentou

Querido escritor Machado de Carlos,
Suas palavras se expressaram para mim com nuances de uma certa desesperança. Concordo contigo quando dizes que "o nosso envoltório, aos poucos chega ao fim" e que o espelho nos mostra isso apesar de nossa alma esquecer. Mas aí é que esta o "X "da questão: devemos acreditar em nossa alma(que é eterna) e não no espelho, pois assim estaremos sempre cheios de esperança para sermos felizes até o último momento. Muitas vezes acreditams que o nosso tempo ja´passsou, mas é ilusão nossa. E um dia quando transcendermos essa vida e tristes acreditarmos que é o fim , será um lindo e magnífico recomeço. Não existe fim, querido escritor. A todo momento podemos começar o que quisermos e construir o que sonhamos. Acredite nisso.Não acredite que seu sonho foi tal qual um cometa. Ele será assim apenas se assim acreditares. Quando menina ouvi dizer que quando um cometa ou uma estrela cadente risca o céu é o momento de se fazer um pedido, pois este acontecerá. Muitas vezes ficava olhando o céu na esperança de ver tal corpo celestre e fazer então um pedido.Após muitos anos consegui ver uma estrela cadente. E tão grande foi minha felicidade! Fiz o pedido que guardava em meu coração. O que quero dizer com isso é que teu sonho que surgiu como um cometa não teve a duração dessa visão, mas esta visão de cometa foi apenas o início da concretização do teu sonho. Escreverei uma crônica a esse respeito e publicarei no recanto.Acredite: não existe o impossivel como queremos com toda a força da nossa alma.
Escreva sempre!
Marta Cosmo

RENATA MARIA PARREIRA CORDEIRO disse...

*Luz No Meu caminho*
- beijo os seus pés no momento sublime!
Que delicadeza de Alma, a sua!
Lindo poema!
Beijos, querido*
Boa Noite!


*Na vida, temos de escolher entre os jeans e o pote de biscoito. Liz Hurley escolheu os jeans e eu escolhi o pote de biscoito*
Nigella Lawson
Sempre fui pelo pote de biscoito****

Lua Nova disse...

Há uma delicadeza, uma devoção e uma tristeza mescladas nessa poesia de tal forma que meus olhos "ouviram" uma melodia tocada por violinos.
A fragilidade da finitude, a intensidade da alma eterna, ambas adoradas no corpo de uma mulher.
Muito bonito...
Beijos.

Srt . Vasconcelos disse...

Lindo texto. É como se o mundo parasse para ver passar uma estrela D'auva;

CamilaSB disse...

« Uma luz no meu caminho »
Magnífico...adorei este soneto...
lê-lo, foi como música para os sentidos...muito bem escrito, bem ritmado, soou-me muito bem! Parabéns amigo! Um beijinho!

Felina Mulher disse...

Sempre lindos seus poemas meu anjo...venho sempre me deliciar com tão bela escrita.
Continue.....Um grande beijo da Fe pra ti.

Pat. disse...

Quando o poeta encontra esta luz é como se respirasse o mundo...

Beijos meu querido.
Obrigada pelo carinho comigo.

Tania regina Contreiras disse...

Machado, "Ela" será sempre a metade de sua alma, tenha o rosto que tiver, verse no verso que versar, ela estará sempre clamando pela completude, "pois que tu és a princesa que dormia".

Beijos,
Tânia

REGGINA MOON disse...

Machado,

Que maravilha de Poema meu amigo!!
Como é bom ter luzes em nossos caminhos, o amor no coração e lindos versos para compartilhar com todos, vindos de sua sensível alma de poeta!

Um grande beijo e tenha um ótimo dia!!

Reggina Moon

(Tem selinhos no Blog pra voce em destaque, são eles: Dardos e Troféu...)

direitinho disse...

Gostei deste canto e voltarei mais vezes.
Poesia com um cunho próprio que nos enche de encanto.
Verdade ou não enquanto poesia só faz bem.

ONG ALERTA disse...

Que a luz brilhe no caminho de todos, paz.
Beijo Lisette

Úrsula Avner disse...

Bonito e romântico, caro poeta ! Um abraço e obrigada pelo carinho sempre presente.

Zélia Guardiano disse...

Machado de Carlos
Conta-me o segredo: que fazes para que as palavras fluam, assim, lindamente, cada qual na medida mais exata?
Lindíssimo poema!
Grande abraço

Sarah Slowaska disse...

São lindos os teus poemas. A mistura entre corpo e natureza, realidade e fantasia, faz com que os seus versos, para além de belos, se tornem melódicos.


Adorei
beijos!

Machado de Carlos disse...

À Zélia Guardiano,

Não saberei explicar como escrevo. Não há segredos! Apenas penso e escrevo. Quase sempre as palavras caem em lugar que não imaginaria. Ela – a palavra – “Vigora num silêncio”... Quase “cruel” ou não, depende do momento, e da emoção!
Beijos Carinhosos!

Machado de Carlos disse...

Para: Sarah Slowaska

“a Igreja Católica nunca se preocupou com as almas, mas apenas com os corpos. Que teve sempre como intuito controlá-los, fazendo com que remassem a seu favor.” José Saramago.

Sim perdemos um ícone da literatura. Para contradizer as idéias da Igreja, creio que apenas o corpo morreu, mas ele já se eternizara antecipadamente.

Muito obrigado pelos seus comentários a respeito dos meus versos. Fiquei “muito feliz com as suas palavras e triste por saber, neste momento da morte do grande escritor do mundo.” José Saramago! Que Deus o Receba com a Paz de Sempre!
Um Grande Abraço!
Felicidades!

Pérola disse...

Boa noite meu querido.
Que poema linnndo.
Ah!!!O amor,um sentimento nobre e absoluto,parabéns.
Beijokas

Pérola disse...

Obrigado meu querido.
Beijos millllllllllll

M@ria disse...

encantada........Beijos

"O difícil não é viver com as pessoas, o difícil é compreendê-las".

José Saramago

Feliz Sábado e beijos meus!! M@ria

Machado de Carlos disse...

M@aria;

"O difícil não é viver com as pessoas, o difícil é compreendê-las".

José Saramago

Uma frase verídica e de uma filosofia autêntica. A convivência vai aos pouco nos ensinando. Passei reiteradas vezes por isso.

Quanto ao Amigo José Saramago, fiz um sarau com uma Doutora em Letras que tinha ligações diretas com ele, inclusive uma biblioteca completamente montada pelo escritor aqui em Ribeirão Preto-SP.
Nenhum escritor morre. Sua obra continua viva!

Pérola disse...

Eu amo rsrsrsrsrsrs.
Beijokas.