sábado, junho 12, 2010

Oração



Oração


Senhor, Vós que sois toda Luz Suprema,
Dizei-me, onde encontrar minha querida,
A mais bela flor da minha vida;
Que perfumou, um dia, minh’alma pequena?

Ela afagou-me nas noites serenas;
Curou os males... minha intensa ferida!
Mas foi-se sem adeus... sem despedida...
Hoje sofro na noite que envenena.

Vós que Sois de Infinita Bondade,
Apagai este véu, esta saudade!...
Preciso encontrar o meu coração!

Sei, a morte chegará... Uma realidade!
Creio, Senhor, na santa imortalidade;
...E de alma livre chegarei à razão!

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1647950



11 comentários:

Tania regina Contreiras disse...

Oi, Machado...sei lá por que, lembrei-me agora, lendo o poema (tão belo) do poema Eros e Psique, de Pessoa, que termina falando desse encontro interior, o "ela" que habita o "ele", "a princesa que dormia"...que está bem dentro de cada um, assim como os princípes também moram dentro de cada uma denós mulheres.
Abarção,
Tânia

Mila disse...

Olá!
Creio que o amor verdadeiro e nossas almas são eternos, sempre estarão ligados...
Linda poesia!
Bjs
Mila Lopes

romantic disse...

e como pode pois ele não ouvir tal oração! que lindo!parabéns por esta linda postagem!bjs marcia.

REGGINA MOON disse...

Machado,

Lindo verso...no dia em que se comemora o Amor...dia de se redcordar com saudades amores que se foram, de se estar com quem se ama ou de ter esperanças de um dia encontrar esse "tal" de gtrande amor...

Grande beijo!!!

Reggina Moon

Eu poderia suportar, embora não sem dor, que tivessem morrido todos os meus amores, mas enlouqueceria se morressem todos os meus amigos!(Vinícius de Moraes)

garoto cientista disse...

Olá, boa noite, primeiramente parabéns pelo poema, pelos poemas, pelo blog, belíssimo, em segundo, muito grato pela visita e comentário. Fique na paz, abraços.

Caminhos Poéticos disse...

Vós que Sois de Infinita Bondade,
Apagai este véu, esta saudade!...
Preciso encontrar o meu coração!

Simplesmente encantada...Obriada por comartilhar meu amigo.
Beijos e Bom Domingo!! M@ria

Pat. disse...

A devoção e fé é importante, olhar para os lados também. Tua amada não partiu para sempre... está adormecida em algum canto esperando que tu possas despertá-la.

Um beijo e corre para teu encontro.

Feliz Dia dos Namorados.

Machado de Carlos disse...

Tânia Regina Contreiras

Olá Tânia!

Conheci agora o poema “Eros e Psique”. Realmente pode haver uma ligação coincidente com o soneto escrito por mim. Em meu caso houve sim uma realidade material. Ela seguiu para um rumo desconhecido e desconhecido ficou o seu retorno.
Belo e verídico o seu comentário. Obrigado!

Machado de Carlos disse...

Olá!
Mila Lopes

O amor chega. Ensina-nos. Caminha-nos aos detalhes. Depois, como sempre desaparece. Chegamos a compor um soneto como o meu: - “Oração”. Sabemos que não haverá retorno.
Um Abraço escreva-me sempre!

Amor feito Poesia disse...

O amor é tão mais fatal do que eu havia pensado, o amor é tão mais inerente quanto a própria carência, e nós somos garantidos por uma necessidade que se renovará continuamente. O amor já está, está sempre. Falta apenas o golpe da graça - que se chama paixão.

Clarice Lispector

Feliz Domingo....Beijos & Flores...M@ria

Marisa Vieira disse...

Machado, retribuindo sua visita,me deparo com essas delícias de liras:

...Vós que Sois de Infinita Bondade,
Apagai este véu, esta saudade!...
Preciso encontrar o meu coração.
(Machado de Carlos)


Parabéns, gostei demais e vou frequentar esse espaço.

beijo da Marisa