sábado, junho 26, 2010

Simples



Caminhei... A maré salientava o teu canto.
Reencontrei o meu amor. Voltei ao tempo, à raiz!
- Incrível a tua flor! A tua boca de anis!
Sorvi teu beijo tépido qual ouro santo.

Tremi no teu balé! Tive a luz do recanto
Inspirei-me na cor. Resumi o teu matiz!
Amo-te com ardor. Gravo um verso feliz!
Nobres são teus pés. Tenho teu rosto de encanto!

...! e os astros do Céu?! A Lua iluminou meu anjo lindo,
com sua timidez nua nos abraça sorrindo!...
Os raios quase nus tocam tua veste – um sal!

Urge bela união. É o teu poema no cio...
Tenho teu coração e o amplexo no rio...
O momento é de luz. Tua alma é o meu fanal!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1701465

26 comentários:

ღPat.ღ disse...

Quando se reconhece o Amor a inspiração fica sempre mais bela!

Poeta que estimo e admiro, deixo-te um beijo com respeito e carinho.

Adoro imenso teus escritos e obrigada por tua presença em meu espaço, és especial.

Tere disse...

amigo!que dizer?diante de tão bela poesia!amei!bjus carinhosamente tere.

Mila disse...

Amar com ardor!
Lindo demais...
Belo soneto!
Bjs
Mila Lopes

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Poema clássico bonito, amigo .Não sei escrever assim. Um abração

Felina Mulher disse...

Acabei de adentrar neste teu mundo de sonhos e sentidos!!!
Tento descobrir o que sente tua alma...não sei, só sei que é cheia intensidade e Vida!!!


Um beijo querido, muita paz pra vc.

Felina Mulher disse...

Acabei de adentrar neste teu mundo de sonhos e sentidos!!!
Tento descobrir o que sente tua alma...não sei, só sei que é cheia intensidade e Vida!!!


Um beijo querido, muita paz pra vc.

Luís Coelho disse...

A maré salientava teu canto que de encanto me deixou a sonhar.
Poemas cheios de vida e sensibilidade

Cláudia Barroso disse...

Olá Machado...
Gostei muito do seu soneto...
Ao luar o amor é lindo!
Beijinho

Lara Amaral disse...

Bonito poema, Machado, segue a linha que eu vi lá no diálogos poéticos de romantismo. Boas construções.

Beijos.

CamilaSB disse...

A Lua abençoa os amantes...
Mostra-lhes o brilho das estrelas
que no céu piscam cintilantes
ao amor, fazendo-o sorrir...
Amar é a arte do coração...e o
Machado, descreve o amor com arte!

Beijinhos e um bom final de
semana!

AC disse...

Quem canta assim só pode sentir o que diz.
Que seja, então, uma bela união em momento de luz.

Abraço

MEUS POEMAS disse...

Olá Carlos, saudades de ler seus versos, amo todos!
Seu blog está cada dia mais lindo, parabéns!
Apareça em minha casa, ficarei muito feliz!
Bjão pra vc
Gena

Sandra Botelho disse...

Descobri entre teu campos um cheiro inebriante de vida...
Parei para ouvir um som que vinha ao longe.
Era o som de uma poesia,que me deixou em extase, qual uva madura na vinha...
Mas algo me adocicou a boca, senti o gosto das palavras desta poesia mergulhadas em mel,
Li e reli...me saciei de cheiro bom e gosto doce...
E agora levo pro Meu Aconchego a fragrancia de uma bela poesia e o cheiro doce do carinho do poeta!
Bjos achocolatados!

Amor feito Poesia disse...

Carrego flores no meu olhar
E um bosque encantado a ser decantado...
Pelas trilhas iluminadas da minha alma

D.Flor

Beijos e flores no seu Domingo M@ria

"Cantinho Poético" disse...

Porque eu fazia do amor um cálculo matemático errado: pensava que, somando as compreensões, eu amava. Não sabia que, somando as incompreensões é que se ama verdadeiramente

Clarice Lispector

Bom Domingo...Saudações poéticas! M@ria

Luís Coelho disse...

Amigo
Agradeço a tua visita e as tuas palavras lá no meu cantinho.Falar de Leiria, terra da tua avó
É uma cidade pequena e que nestes últimos anos se expandido com novos pontos de interesse.
Não é dificil de chegar a Leiria vindo de avião até Lisboa ou Porto. A distância anda nos 120 Km de Lisboa e aí há sempre muitos transportes para cá através das carreiras de Expressos da rodoviária.
Por aqui o alojamento anda nos preços comuns e a alimentação também.
Pontos de interesse são muitos e como estamos no Centro do país podemos visitar uma boa parte.
Se estiver ao meu alcance poderei ajudar-te em tudo o que me for possível.
Um abraço de amizade sincera.

Luís Coelho disse...

Amigo
Agradeço a tua visita e as tuas palavras lá no meu cantinho.
Falar de Leiria, terra da tua avó.
É uma cidade pequena e que nestes últimos anos se expandido com novos pontos de interesse.
Não é dificil de chegar a Leiria vindo de avião até Lisboa ou Porto. A distância anda nos 120 Km de Lisboa e aí há sempre muitos transportes para cá através das carreiras de Expressos da rodoviária.
Por aqui o alojamento anda nos preços comuns e a alimentação também.
Pontos de interesse são muitos e como estamos no Centro do país podemos visitar uma boa parte.
Se estiver ao meu alcance poderei ajudar-te em tudo o que me for possível.
Um abraço de amizade sincera.

Tania regina Contreiras disse...

Um belo poema no cio!
Eis- me de volta com a minha visita costumeira..
abraços,
Tânia

REGGINA MOON disse...

Machado,

Como é bom quando conseguimos reencontrar um grande amor...mesmo que seja só em nossos pensamentos, o que já é quase uma meia realidade, quando os sentimentos são intensos...

Um grande beijo meu amigo e tenha uma ótima semana!!!

Reggina Moon

legalmente loira... disse...

olá machado,
adoro reencontros de uma grande amor.
amo sua poesia!
bela demais.
fiquei feliz com seu amavel e encantador carinho no meu espaço.
assim todos fossem iguais a você
que maravilha seria este nossos espaços com amigos verdadeiros.

lindo domingo de sol com carinho e bjos.

Srt . Vasconcelos disse...

É, a bailarina, e o soldado de chumbo. Perfeito texto.

Sylvia Araujo disse...

Reencontro lindo, Machado...

Um beijo pra você

Amor feito Poesia disse...

Eu deixo aroma até nos meus espinhos,
ao longe, o vento vai falando de mim.

Cecília Meireles

Amor & Paz & Poesias na sua semana!
Beijos na alma.....M@ria

Insana disse...

Lindo seu poema..
assim vejo que o Amor ainda é possivel.

bjs
Insana

♥ Sussy* disse...

Suas palavras são preciosas Amigo
seu coração está envolto em poesia
Você compra o amor das cores mais bonitas
Que delícia ler seus sonetos tão bonitos.

Enfim 40 disse...

"Reencontrei o meu amor. Voltei ao tempo, à raiz!"
Vivo essa delícia de ter reencontrado meu amor.
Grata por nos brindar com tão linda poesia!Me encontrei aqui.