quarta-feira, abril 28, 2010

Miragem


Miragem

A lira esparsa daquela canção
cai no abismo em movimento.
A mente se perde no momento;
mostra cenas da doce ilusão!...

O caos inepto do coração,
marca cicatrizes ao mesmo tempo
e as fotos do rosto fogem ao vento;
existem as delícias da razão?

Em cada nota morta da cantiga,
gritam pequenas pedras antigas;
o pensamento criou uma cor!...

Eterno fogo corrói a passagem,
um riso canta na mera viagem;
... E a célula se aniquila no amor!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1080118

16 comentários:

Luciana disse...

Oi Machado
Tdo bem contigo?
Bjs
Lu

Sandra Botelho disse...

Eu somente queria entender por que mares encantados navegas?
De onde tiras tanta inspiração?
Lindo demais o poema. Bjos achocolatados

Poesia...Poesia disse...

Sentar, ambos, de frente pra lua, havendo lua.
Ou de frente pra chuva, havendo chuva.
E juntos fazerem um brinde com as taças, contenham
elas vinho ou café, a isso se chama uma trégua.
Uma relação calma entre duas pessoas que, sem
se preocuparem em ser modernas ou eternas,
fizeram uma da outra seu lugar de repouso...

Caio Fernando Abreu


Te desejo uma noite de paz e amor!

Beijos M@ria

٭sofia٭ disse...

hola es un poema muy bello
precioso, que delicia leerlo, muchos besos, y buen dia

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Machado
Realmente muito bom o seu texto. Encantamento e lirismo em seu poema.
Abração

Felina Mulher disse...

Eu aprecio-vos mais.

Dá-me a mão, senta-te perto de mim, dá-me força
E aquece o meu corpo cansado com o teu aconchego.
Mesmo que a minha pele esteja enrugada e gasta,
Gosta de ser acariciada.

Um beijo com os lábios salpicados de açúcar crestal.

M@ria disse...

Bom dia!

"a única verdade é que vivo.
Sinceramente, eu vivo.
Quem sou?
Bem, isso já é demais...."

Clarice Lispector

Beijos meus.......M@ria

♥ Sussy* disse...

Olá amigo, o que é um soneto lindo, eu gosto do sentimento e da inspiração que ela é um prazer lê-lo e vê-lo, deixo-lhe um beijo e uma saudação breve.

Espero que você entenda as minhas palavras utilizar um tradutor para fazer isso (:

Zélia Guardiano disse...

Olá, Machado!
As palavras fluem... Palavras tão exatas! Um lindo presente !!!
Parabéns!
Abraço

Amor feito Poesia disse...

FELICIDADE

És precária e veloz.
Felicidade
Custas a vir e quando vens,
Não te demoras,
Foste tu
Que ensinaste aos homens
Que havia tempo
E, para te medir,
Se inventaram as horas


Cecília Meireles

Beijos poéticos prá ti neste dia!! M@ria

CamilaSB disse...

«O pensamento cria uma cor»
A cor da ilusão ou do sofrimento?
Que guarde as delícias do momento,
Em que o amor foi compensador...

É muito profundo e nostálgico
o seu soneto, belo. Parabéns!
Fiquei muito sensibilizada com
com os seus comentários. Obrigada.

Mulher na Polícia disse...

É uma miragem assustadora...
Mas linda, também.

Beijos.

Isabel disse...

Que admirável sua veia poética!
Parabéns!

«Se eu fosse malmequer
Mal me querias bem
Me querias porque flor
Seria em tuas mãos»

Isabel Montes
http://isabelmontes-poemas.blogspot.com/

Poesia...Poesia disse...

Fim de tarde...
E não posso evitar que seja assim:
as estradas levando a memória
do quanto eu ando de rosas
nas veredas do meu jardim...

Afonso Estebanez

Beijo no coração!! M@ria

"Cantinho Poético" disse...

Na minha memória, tão congestionada e no meu coração tão cheio de marcas e poços você ocupa um dos lugares mais bonitos".

(Caio Fernando Abreu)


Agradeço sua amizade e seu carinho....M@ria

Cris de Souza disse...

Meio, mira, miragem...