quarta-feira, setembro 02, 2009

3 comentários:

Efigênia Coutinho disse...

Bom dia estimado Poeta Machado, que alegria acordar com sua mensagem em meu cantinho, e foi tanta que deixo este link abaixo para você apreciar, beijos,
Efigênia Coutinho

http://efigeniacoutinhoselospremiosblogsamig.blogspot.com/

Úrsula Avner disse...

Olá meu caro escritor e poeta, bonito soneto onde o eu-lírico manifesta ricos sentimentos. Obrigada por sua visita e interesse em seguir o blog Sempre Poesia. Um abraço com carinho.

Machado de Carlos disse...

TEU CORAÇÃO

O teu livro é tua alma que perfuma
Em cada letra... beijo-te de joelhos!...
Longe...Contemplo teus lábios vermelhos
a cantar a tua poesia entre brumas...


Brindo! E em cada verso, na escuma,
alimento-me no teor do teu texto.
Decoro as tuas lições, e, no espelho
não perco um só ponto ou coisa alguma.


Lembra-te daquele bem-te-vi, a voar?
... Juntou-se a mil aves a revoar
E em toda brisa aquele ar me salva.


Teu nome ecoa pelo espaço como hino;
Teu sorriso é um canto divino!
Afago-te e mergulho em tua alma!...

Obrigado por ser minha amiga!