sábado, outubro 11, 2008

É Noite!

Um comentário:

Olhos de mel disse...

Meu poeta predileto, esse poema ta demais, viu? A noite chega e traz com ela, as vezes lágrimas de tristeza, sonhos, desejos e paixões...
Beijos