sexta-feira, outubro 17, 2008

उम् कांटो दे Amor

Um comentário:

Olhos de mel disse...

Nossa lindinho! Que amor, viu? Cada verso do seu poema exala paixão, doçura... Lindo, lindo, lindo!
Beijos