domingo, agosto 31, 2008

Voltei, esqueci...

Um comentário:

Olhos de mel disse...

Oie lindo! Amar é isso! Nem sempre temos de volta o que tão doce toca. Ficam as lembranças, a saudade e as letras que tão bem interpreta em lindos poemas!
Beijos