quarta-feira, agosto 27, 2008

Perfume de Amargura

2 comentários:

Nati disse...

Boa Tarde!Lindo blog e belas poesias.
Encontrei seu blog na alma poética.
Beijos

Olhos de mel disse...

Oie lindo! E que lembranças, viu? Tão doces, que trazem a saudade e a paixão, carregadas em cada verso dos poemas.
Como sempre um doce e terno poema!
Beijos