sexta-feira, março 01, 2013



Túnel do Tempo

O século aguardava, (... e proibido)
calou as vigilâncias tão escuras
nas ausências das sombras obscuras;
— E o invisível não teve mais sentido!

Na paisagem o céu estava caído;
dádivas ignoraram a loucura;
o Altíssimo não freou; — Viva ventura!...
— E o coração pleiteou o templo vivido.

Da oscilação débil a cantar,
guardiã das almas dóceis deste mar;
urgiu sentir a lápide da história!

No final; — incrível e profundo...
... beijo de amor, (afeto doutro mundo)
sofre duma espera à luz da palmatória!

​Machado de Carlos




8 comentários:

Kellen Bittencourt disse...

Olá amigo, qto tempo, espero que esteja tudo na paz por aqui, continua escrevendo lindamente! Parabéns Abraçoss

Wanderley Elian Lima disse...

Olá poeta
O jogo de palavras, e as metáforas, deram um sentido peculiar ao poema. Gostei.
Abração

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Machado. Sempre lindo os teus sonetos, onde viajas tão bem, que faz o leitor visualizar as cenas como sendo participante delas!
Beijos na alma, amigo SUMIDO!

Maria Rodrigues disse...

O túnel do tempo que me levou a magia da poesia. Belissimo soneto.
Bom domingo
beijinhos
Maria

Serpente Angel disse...

Oi poeta... As vezes os olhos vencem a imensidão do silêncio, e as palavras querem dizer. Belíssima escrita. Grande prazer ler as tuas jóias poéticas. Abraços

Elaine Regina disse...

"e o século aguardava..." Os séculos sempre aguardam...

E tomara que os próximos séculos sejam repletos de grandes mudanças boas. Que o homem possa encontrar o caminho na direção de si mesmo, do Bem.

(Desculpe pelo comentário meio bobo... foi o que me deu vontade de dizer... rs)

Beijão, Machado!

Ana (Ballet de Palavras) disse...

Machado de Castro,

Sublime. Um encanto!

Ana

Maria Rodrigues disse...

Meu amigo Hoje é o Dia Mundial da Poesia. Porque Ser POETA é transmitir nas palavras toda a magia que vai no coração e tocar assim a alma de quem lê, o meu muito obrigado pelos momentos tão Especiais que nos oferece. Que o seu Dia seja pleno de Felicidade e Harmonia.
Beijinhos
Maria