sexta-feira, março 22, 2013



À Menina Linda

Ela espraiou seu olhar à luz da Lua,
numa felicidade; — Paz de prata!
Atinei versos para a serenata;
assim, corais beijaram sua tez nua!

... e o prólogo da vida continua;
segue a página da mesma sonata,
nas lépidas idéias das cores ágatas
(quando contemplara, feliz, a rua!).

Ritmaram arbustos; — Oh, sons dos campos!
... Pássaros pipilaram seus encantos,
aos elos dos eternos corações...

Tenho; — O Anjo — Ao fim deste horizonte!
— Com ramagens; — Vi seu riso, radiante!
... que me levará à glória da amplidão!...

​Machado de Carlos




11 comentários:

Dilmar Gomes disse...

Machado, eis um lindo soneto em estilo clássico. Parabéns!
Um abraço. Tenhas um lindo fim de semana.

Wanderley Elian Lima disse...

Olá Amigo
Um amor que eleva e que sublima. Amei.
Abração

Marcia Morais disse...

Não há nada mais belo que o olhar do poeta,beijos querido!

Magia da Inês disse...

\m

Magia da Inês disse...

Menina natureza!!!!


¸.•°♡♡彡
Feliz Páscoa!
Com muita paz e harmonia no coração, na família e com todos seus amigos!!!
Beijinhos de sua amiga
do Brasil.
¸.•°♡♡彡

Maria Rodrigues disse...

Uma menina linda e tão amada. Belissimo soneto.
Meu amigo tenha uma Páscoa muito feliz.
Beijinhos
Maria

Elaine Regina disse...

Olá, amigo!

Desculpe pelo novo sumiço. Antes era problema na internet, agora é o pc que está mais para lá do que para cá.

Mas estou levando do jeito que dá...


Belo poema, como sempre. Já notei que você adora misturar imagens diferentes e todas sempre amorosas. Parece que você descreve belos delírios de amor. Parabéns.

Beijos!

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Machado. Sempre lINDOS os teus escritos e sabes disso. Entristeço-me com a tua ausência.

Convido você a votar no meu poema chamado "DAMA MALDITA!", que está concorrendo no concurso de poesia do blog "BICHO DO MATO"
Para votar, clique no círculo ao lado do nome do meu poema, que fica à direita do blog.
Para comentar, clique na minha foto ou vá direto pelo link abaixo.

http://blogdobichodomato.blogspot.com.br/2013/04/dama-maldita.html


Obrigada pelo carinho e fique com Deus!
Beijos na alma!

Carol Morais disse...

Tua visão de poeta apaixona. Apaixona ainda mais a beleza entre cada linha, fugindo das palavras. Estou de volta e...que saudade dos teus escritos!

Smareis disse...

Olá Carlos!

O poeta sempre tem luz no olhar quando escreve.
Belo poema.

Grande abraço!

Roselia Bezerra disse...

Olá,
Um riso radiante alegra qualquer coração...
Abraços fraternos de paz e bem