domingo, março 27, 2011

Minha Vida



Minha Vida.



Muito marca a história: - a energia!...
inda há a imagem na rotina...
Canto músicas no breu que alucina;
hoje versos gravam o fim do dia.


Ao fim da incansável dor!...(agonia!...),
Encantam olhos!... Bela menina
lindos todos os passos: - dançarina!
juntos afogam no mar da Bahia.


Aos cantos durmo: - líricos açoites,
cuja alma não troca o dia pela noite,
quando ouço novamente aquele som!


Sorrio ao Sol rompendo a aurora;
Oh dias grandiosos!... (caixa de pandora)
Nas lembranças estão grandes canções!...


Machado de Carlos

50 comentários:

Marcia Morais disse...

Incrivéis sonetos,recheados de amor,
obrigada pelo presentinho,amei bjos!bom começo de semana para você!

Livinha disse...

Tem dias que tudo parece querer acordar, remexendo nas feridas, tirando tudo do lugar....
Tem coisas que sequer dormem, mantem-se acesas como uma vela a queimar...
Haverá de chegar a hora de seguirmos embora levando tudo pra algum lugar, o que se torna impossível e até difícil deixar tudo do lado de cá.
É... a gente carrega....

Encantada como sempre com teus versos.
Feliz semana pra ti


Livinha

Evanir disse...

A voce um abraço nesse lindo Domingo
desejo que seja ele muito feliz .
Obrigada por seguir meu blog
ofereço minha amizade pois não existe riqueza maior que uma Amizade Sincera
Um feliz Domingo beijos no coração,Evanir.

http://.aviagem1.blogspot.com/
Vou enviar um mimo de Páscoa para você amio querido.

Adriana Alencar disse...

Que bela deve ser esta menina!
Um abraço,
Adri

Pablo & Florbela disse...

Não tentes me fazer
menor que sou
nem dissipar meu sonho
com a ironia,
pois se em teu peito
O amor já se apagou,
no meu, ele renasce todo dia

FÁTIMA GUERRA (MELLÍSS)

Feliz Semana e beijos meus! M@ria

Jeania Lima disse...

Simmm, as lembranças sempre nos remete a melodias dantes salmodiadas em nosso coração...
Adoro seus sonetos!
Abraços

"Vid@" disse...

como tudo que vc escreve, este não seria diferente...vc é maravilhoso em suas palavras, em sua amizade, em seu carinho...Sempre agradeço a Deus a grande oportunidade de um dia ter conhecido vc e desde então vc tem feito parte da minha vida...é dificil falar de seus escritos meu doce poeta,vc se supera e nos surpreende a cada novo soneto...
parabens ainda é pouco

TE GOSTO MUITO MACHADO

Luciana disse...

Oi Carlos

Tdo bm contigo?

Adorei

Bjs e uma boa semana

Néia disse...

Oi querido poeta...
Lembranças, sempre povoando a nossa história. Se é música, imagens ou fotos pouco importa.Uma música às vezes parece ser a senha para despertar sentimentos adormecidos.Assim é comigo...
Lindo soneto, pra ler e sonhar
Tenha uma ótima semana com amor e boas lembranças

B&!!@ disse...

O som da sua voz no meu ouvido a falar de amor, é como um poema recitado a luz do luar, primavera e flor, Bjus

Marion Lemos disse...

Tem uma grandeza de pensamento sublime. Perfeito.
Parabéns pelo que faz com delícia, ternura e encanto.
Sempre a admirá-lo.

És brilhante, Machado de Carlos!

Beijos.

Marion

Sônia Brader disse...

Espetacular como sempre poeta!!
vou ti conta um segredinho!!
sou tua "FÃ"

Camila Lima disse...

Oi poeta! Saudades do teu cantinho! Adorei teu texto, beijo!

Lis disse...

Lembranças boas . caixas de pandora.
Bom imaginar o brilho no olhar dessa menina.
Gosto da facilidade de expressão. da poesia dos versos.
Obrigada poeta

abrço

Bergilde Croce disse...

Olá,
A musa inspiradora deve fazer por merecer tal declaração de amor,parabéns!
Abraços,
Bergilde

SAM disse...

Poeta,


Belíssimo! É sempre um grande prazer desfrutar das suas belas partilhas. Obrigada.


Carinhoso beijo e lindíssima semana.

Lou Albergaria disse...

Lindo poema!

Há desafio pra você no covil da Loba!

Tenha uma deliciosa semana!

Beijos!!!

Lu

Cris de Souza disse...

suspeito que os sons inaudíveis sejam os mais marcantes.

beijo, carissimo!

rosa-branca disse...

Lembranças boas, não fosse a incansável dor...num maravilhoso soneto. Adorei. Beijos com carinho

Contos da Joii disse...

O inimaginável sempre instiga mais do que o que está visível aos olhos.Me encantam teus versos, naturalmente de amor. O dia que eu te ler escrevendo algo sem amor, vou achar um tanto quanto estranho. Beijos querido poeta.

(CARLOS - MENINO BEIJA - FLOR) disse...

Sensacional, caro Machado. Senti uma melodia aqui. Um abraço

Suely - HD disse...

Olá Carlos,
boa noite poeta!!!

Aqui sempre encontramos grandes poemas recheados de amor.

Salam!! Paz seja convosco meu querido.
beijos
Suely

Carla Fernanda disse...

Bom dia!
lindo isso de nas lembranças estarem as canções.
Carla Fernanda

Vivian disse...

Bom dia,Machado!!

Belíssimo!!!
Recordar assim é viver novamente o momento!!
Versos encantadores!!
Beijos pra ti!!

Graça Pereira disse...

A vida, parece um caleidoscópio, feita de pequeninos nadas e de tudo!
O teu soneto (belissimo) mostra esses cadinhos coloridos onde a força, como o sol, atravessa-os, iluminando tudo!
Parabens!
Beijo
Graça

Fabi a loba!!! disse...

Poeta querido, nem que eu tentasse conseguiria escrever tão lindamente um poema de amor tão doce!!!

Ótima semana para você e sua musa!!!

Beijos

Ira Buscacio disse...

Machado querido, raios de lirismo por todo poema. Bravo!
Bjs e linda semana

Anônimo disse...

Oi Poeta,
Ao ler o teu soneto,no mar da íris naveguei e nessa imensidão de gotas azuis percebi que nem o amor nem a saudade são náufragos, pois ambos sobrevivem no íntimo da pupila,"canto intocável", pois é musica que não se entende, apenas sente... E a cada abrir e fechar de pálpebras gotas se expandem e tomam do mesmo azul-líquido mar de amor e saudade tudo o que há em volta,dentro e fora:TSUNAMI!Constato,a náufraga sou eu!

A Dona

Machado de Carlos disse...

Anônima (A Dona)

Ao ler o meu próprio soneto, cujas palavras levam ao endereço Sublime, pude averiguar a Vanguarda de uma dança contínua...
Certo ar de prantos toma conta dos meus olhos,
(isto é uma constância...), pois me lembro de um grande Amor, de cor azul.
Um azul Celeste que nunca sai da minha mente.
Ao ver um filme (Cisne Negro), não sai da memória a face trincada da dançarina que almejava a Liberdade, mas consegue encenar plenamente a caída do Cisne, bem no final do Espetáculo, cujas cores vermelhas no abdome sensibilizam o final.
Entretanto o artista, o poeta; - é assim mesmo, trás e vive realmente todo o sentimento, mesmo em estado látego que viceja em cada música, e ou em cada espetáculo que a vida proporciona, mesmo no sentido aprisionado em que vive não se esquece, jamais de grafar, nas paredes uma poesia, cantando o nome expressivo de uma alma que Ama intensamente. Os beijos, embora imaginários que sejam eternamente vividos; tais quais adocicados como o mais doces de mel.

Suely - HD disse...

Olá meu querido,

Nossa!!! Que lindo poema sobre Jesus.
Amo ler sobre a passagem de Jesus x Lazaro e vc encerrou o poema mencionando este trecho
bíblico Lazaro (Jesus amava aquela família de Capharnaum).
Qdo estive em Israel fui visitar o local da casa de Lázaro, ainda existem ruinas, mas dá pra ter uma noçao.

Amei o poema!!
Obrigada por envia-lo
beijos
Suely

Sonhadora disse...

Meu querido Poeta

Mais um belo poema que leio aqui...matei a sede de poesia e vou plena, deixando um beijinho.

Sonhadora

Luciana disse...

Oi Carlos já Cisne Negro ele é bom sim mas confuso ela tem esquizofrenia imagina as coisas mas é bom sim.
Bjs e boa noite
Estou bem sim só com muito frio aqui no Sul.

Anônimo disse...

Poeta encantado,
A cada resposta tua a um comentário meu,fica quase impossível não deleitar-me nessa minha condição de anônima,pois sempre volto sabendo que as terei.Não devia vangloriar-me,pois sei que cada comentarista recebe o teu carinho em seus próprios blogs,enquanto eu,nem um tenho.De qualquer forma,sinto-me especial e acolhida por você.No momento,releio-te e confesso o meu ciúmes...No entanto creia,que se um dia eu houvesse tido a chance de encontrar-te,nem que fosse numa nebulosa,sería exatamente nesse lugar que eu estaria nesse momento,independente das tempestades galaxais,a esperar-te,tamanha a saudade que sinto desse algo que 'não vivi' e que ainda assim,em meus sonhos,ganhou proporções de eternidade...Eu estaria te esperando agora,como na realidade estou,nesse espaço quantico,onde a dois átomos distantes é permitido a sintonia,quem dirá a dois seres dotados de alma!
Estou aqui.

A Dona

Tania regina Contreiras disse...

...e eu, que andei fora, perdendo isso aqui, que maravilha, até o mar da Bahia fez parte desse cenário onírico, a musa pronunciando-se...nossa: quase perco a festa, mas cheguei a tempo!
Em tempo, o Cisne Negro é um filme maravilhoso! Uma riqueza simbólica impressionante.
Beijos, Machado!

Machado de Carlos disse...

À Anônima - (Dona).

Obrigado pelo título, nem sei se sou tão merecedor assim deste título: “Poeta Encantado”!
Recebo sempre palavras que trazem Paz para o meu coração, mesmo quando estas palavras chegam à condição de anonimato. O importante é a energia que engrandecem as minhas ânsias poéticas! Terei uma alegria inconfundível ao responder aos meus comentaristas, esperando contar com novos comentários que fazem bem ao meu “ego”.
Entendi suas palavras: - Sinto-lhe a dificuldade em possuir um blog. Entretanto torno-me grandioso ao receber e responder suas palavras, mesmo aqui em meu “blog”.
Gratifica-me ao saber que meus versos lhe acolhem. É sinal de que os meus sentimentos são compartilhados. Alegro-me! A palavra “ciúme” aqui é recebida sob forma de engrandecimento, sabendo que as pessoas sentem-se bem ao ler e vivenciar os meus singelos sonetos!
Quanto ao “encontro” mesmo que nebuloso, sinto-os todas as vezes que meus versos atingem aos objetivos. Saúdo todos que gostam de poemas que são bases musicais! Assim, conseguimos viajar pelas Galáxias afora, nem que os Cometas levem-nos através de suas caldas.
Sim, sim e sim. Seremos sempre eternos, mesmo em formas das palavras que ficam grafadas, assim como ficaram os grandes escritores do passado...
Felizmente a ciência encontrou na sabedoria dos átomos, a força da união constante. Sigamos os passos atômicos! E no íntimo dos átomos seremos eternos núcleos. A alma nunca perde o sentido, pois a Alma está dentro de nós e refazendo os nossos sentimentos.
Apesar de “Anônima” agradeço-lhe suas presença que se torna um facho de luz que deixa uma tatuagem marcada em meu coração.
Obrigado sempre!

Néia disse...

Oi poeta...
Passando para agradecer a visita e deixar um beijo de bom dia...

Livinha disse...

Quinta feira.
Tempo corre ligeiro, de forma matreira a nos pegar de jeito...
E o fim de semana se aproxima
relaxa, abre tuas cortinas e adoça o pensar...

Brigadú pelas palavras deixadas lá em casa, muito inspiradoras...

Dia bom pra ti

Abc

Livinha

Evanir disse...

Bom Dia meu amigo..
Quero agradecer por aceitar os mimos que envio a você .
Me sinto feliz e abraçada por você ,pois tudo é tão simples e aqui no seu blog todos ficam lindos.
Os verdadeiros amigos é um pedaço de céu aqui na terra .
Um beijo nesse coração lindo que você tem.
Meu agradecimento por essa amizade tão pura.

Um lindo Dia beijos no coração,Evanir.

http://aviagem1.blogspot.com/

Everson Russo disse...

Boa tarde meu amigo,,,vida estampada em paisgem de poesia e paz,,,as vezes carregamos tristezas,,,as vezes carregamos alegrias,,,muitas vezes,,,sempre eu diria,,,carregamos o amor,,,os versos que alimentam a alma, que confortam ao coração, e nos deixam assim,,,extasiados....belissimo poema...

p.s.meu querido amigo poeta, peço perdão pela ausencia, correria nesse lado de cá do planeta BH..rs..rs..nossa amizade é infinita, muro de concreto inderrubável...rs..rs...tenha a certeza disso...abraços fraternos de boa tarde e obrigado pelas palavras...

Lou Albergaria disse...

Lindo,

há mais presente pra você no meu covil!

BEIJOS!!!

Paula Figueiredo disse...

Lindo, lindo! Eu continuo eventualmente trocando o dia pela noite! Abraço!

E vamos confiar na vida! :)

Everson Russo disse...

Um belissimo final de semana pra ti amigo,,,muitos versos e uma paz...abraços fraternos.

Toninhobira disse...

Na linda magia da menina ,espelhada nas aguas da Bahia.Isto é forte amigo e ficou lindo,romantico.Meu abraço de paz.
Perfeito.

Flor da Vida disse...

Pois é meu amigo, lembranças que não se vão... Que não dormem na memória... Muitas vezes nos alegram, mas quase sempre nos entristecem, pela impossibilidade de se ter novamente aquele alguém que nos foi tão importantes...
Seu soneto é profundamente belo e tocante! Aplausos!!!

Desejo-lhe um exelente e inspirado final de semana!
Carinhos meus pra ti...
Beijos

O Universo dos Pensamentos disse...

Belo, perpicaz, profundo... Tudo isso é seu blog.

Parabéns

Daniel Costa disse...

Poema de de um pensamento profundo, gostei deveras.
Abraço

Evanir disse...

Querido amiga,,
Hoje especialmente a postagem é sua um lindo final de semana beijos com muito carinho,Evanir.
http://aviagem1.blogspot.com/

Janaina Cruz disse...

Assim é a vida meu querido amigo, um eterno lamentar, sorrir, chorar, desejar, lutar, e estar sempre no fio da meada de tudo isso...

O melhor é encontrar um jeitinho de transformar tudo em poesia...

E tu assim fazes com maestria, adoro ler-te!!

Abraços e um fim de semana sem igual pra ti.

Everson Russo disse...

Um belissimo sabado pra ti meu amigo,,,abraços fraternos.

Anne Lieri disse...

Olá Machado!Que lindo e comovente soneto,que traz nas canções tantas recordações!Sempre lindos versos!Bjs,