terça-feira, agosto 03, 2010

Não Chores



Quando passamos pela noite fria,
E o gelo cai sobre a nossa morada;
Precisamos vicejar a alvorada,
No entanto a dor ainda nos alicia...

Amor esqueça a passagem sombria;
Deste mundo não levaremos nada!
Olvida àquela hora mal amada.
— Tu és forte p’ra vencer a ventania!

Quando o coração estiver palpitando;
Contempla uma rosa feliz se abrindo,
E, lento, o perfume se revelando...

Verás o lado da vida, que é lindo!
Esquecerás o passado, — Cantando!
Seguirás o teu caminho, — Sorrindo!...

Machado de Carlos

Publicado no Recanto das Letras
Código do texto: T1471008

37 comentários:

Amélie Bouvié disse...

Meu querido.
Obrigada pelas lindas palavras de carinho, fico lisonjeada!
Você é um poeta encantador.
Beijos meu anjo, te gosto muito!

Amor feito Poesia disse...

Um selinho prá voces meus amigos aqui neste blog.
Vos ofereço com muito carinho e amor.

Beijos na alma! M@ria

Amor feito Poesia disse...

encantada com sua postagem...Beijo!

Magia da Inês disse...

Olá, amigo!
Passei para matar a saudade do seu cantinho e da sua poesia.
Boa semana!!!
Beijinhos.
Itabira
Brasil

Wanderley Elian Lima disse...

Oi amigo
Desculpe-me pela ausência, estava viajando de férias e só cheguei ontem. Adorei o poema.
abração

Lou Albergaria disse...

Adoro demais os seus versos!!! De tão belos acabei me entregando aos seus Sonetos... Parabéns!!!

Há um DESAFIO MUSICAL para você em meu blog!

BOM DIA!

BEIJOS!!!!

Sonhadora disse...

Meu querido.
Mais um maravilhoso poema, muito terno, adorei.

Beijinhos
Sonhadora

Aleatoriamente disse...

Este poema além de belo, entranha na alma.
Abraça o carinho e se aninha na certeza de que há sempre um brilho de sol.
Amei poeta!
*
Fernanda!

Tania regina Contreiras disse...

Olhar o lado da vida, que viceja, é sempre bom!
Beijos,
Tânia

Tania T. disse...

Que perfeito!!!

Admirar as coisas simples da vida e ser feliz... *-*

bjoO

♥ Sussy* disse...

Olá amigo

que o verso bonito
com um toque de nostalgia
mas lindo, eu amei cada palavra
que você tenha escrito
um prazer ler-lhe um beijo e um abraço de despedida.

Vozes de Minha Alma disse...

Belíssimo, um texto encantador.
Um abraço do leitor, até.

lucidreira disse...

É muito bom viajar nos espaços alheio e encontrar uma maravilha dessa.
Parabéns
Abraço

Marta disse...

Seguir em frente e deixar para trás as lágrimas....
Uma mensagem cheia de paz e amor...
Gostei imenso...
Beijos e abraços
Marta

Tere disse...

COMO SEMPRE LINDO,BJUS TERE.

Srt . Vasconcelos disse...

soneto lindo

Pérola disse...

Lindo!!!É verdade, se aprendermos à admirar os milagres da vida a tristeza passa,ver uma flor desabrochar é um deles.
Obrigado por tamanho carinho.
Beijo grande poeta.

Pérola disse...

Muita luz para ti também amado.
Beijos.

Saozita disse...

Olá estimado amigo, adorei o seu poema, lindo, lindo! A escrita perfeita, o encadeamento no soneto e uma melodiosa arte nas palavras, faz com que este seja soberbo.
A tristeza e um desgosto, só pode ser colmatado se tivermos a capacidade da abstração e descernimento para vermos as belezas da vida. O sentimento de perda, é assim desvanecido pela natureza que nos permitirá sorrir novamente.

Tenha uma linda e feliz noite.
Beijinhos

M@ria disse...

O que a memória ama, fica eterno.
Te amo com a memória, imperecível.

Adélia Prado

Bom dia com amor e paz! Beijos!!

legalmente loira... disse...

Lindo,maravilhoso...amei amigo.
Amizades....
São feitas de Pedacinhos.
Pedacinhos de tempo
que vivemos com cada Pessoa...
lindo dia com bjos.

Aleatoriamente disse...

Sem ropupagem, um carinho em poesia.
Simplesmente B E L O !
Abraço.

Fernanda!

Valéria Sorohan disse...

Poesia sempre de muita qualidade encontro por aqui. Parabéns, meu caro!

REGGINA MOON disse...

Machado,

Mais um belo soneto...realmente, para cada momento triste em nossas vidas, existem outros belos que surgem ao nosso redor, nos fazendo por momentos, esquecer a dor...

Grande beijo e bom dia!!

Retire os selinhos em destaque em meu Blog...

Reggina Moon

MEUS POEMAS disse...

Adoro vir aqui ler seus posts, sempre tão lindos!
Bjão pra vc poeta
Gena

Felina Mulher disse...

Olá meu anjo,

Tive um probleminha na net, estavam plagiando meus textos e para evitar dores de cabeça eu resolvi abri-lo somente para os amigos.Caso te interesse em ler meus devaneios e insanidades, me envie seu email para que eu te envie o convite ok?

Um grande beijo.

felinamulher@gmail.com

Juliana Carla disse...

Machado,

Do sombrio só colhemos frio, solidão, medo. O amor nem cabe... Mas, que ele venha em peso para curar a dor. Então:

“Verás o lado da vida, que é lindo!”

Bjuxxxx e xerooo amigo.

Dica Cardoso disse...

O som das palavras

Ouço as palavras como arpejos
Sinto o perfume da canção
Vejo esperanças feito lampejos
A iluminar-me o coração!

Enxugo as lágrimas
Aquece o pranto
Palavras ávidas
Desfazem o espanto

Procura bendita
Pelo infinito de um milagre
Das palavras que são ditas

Embalo-me ao compassado som
Das palavras que ninam
Encontrei-te,misterioso tom

Dica Cardoso

Belo e sereno TUDO o que escreves!
Obrigada!

HSLO disse...

Amigo,


Desculpa pela ausência, eu gosto muito do seu espaço, até por que amo poesia.

Um forte abraço...eu não te esqueci viu..rrs

obrigado pela presença em meu blog.


Hugo

Amélie Bouvié disse...

Meu anjo querido.
Passando para lhe desejar um lindo dia.
Beijos.

Sandra Botelho disse...

Lindo demais... Sem palavras...
Bjos achocolatados

Cris de Souza disse...

" Não chores ainda não, que eu tenho um violão, pras noites de luar... "

Úrsula Avner disse...

Olá poeta,

soneto mais do que expressivo na forma, na estruturação poética e literária, com rimas e ritmo, cadência nos versos , além da beleza poética é claro... Agradeço o carinho com que você sempre posta seus comentários em meu blog de poesias. Grande abraço,

Úrsula

Pérola disse...

Boa noite meu querido.
Beijokas

Pérola disse...

Um beijo grannnnnnnnnnnnnnnde.
Uma linda noite.
Beijokas.

MEUS POEMAS disse...

Estava rindo do seu comentário...Eu tb conheço vc há tanto tempo e não me lembro de onde, mas penso que foi através do site Vounessa, não foi?
Eu sempre entrava lá e queria ter uma página e vc já tinha, acho que foi ai, se não me engano!
De qqr maneira foi mt bom te reencontrar!
Bjs meu querido poeta!
Gena

Amor feito Poesia disse...

Carinhos desenhados em
palavras são como flores perfumadas...

- Dolce Bárbara –

Beijos & Flores! M@ria