quinta-feira, agosto 04, 2016

Raio Sublime

Raio Sublime

Ela habitou o sonho do meu mar
Na quimera havia notas da canção
que noite e dia aliviou o coração.
— Num sorriso do fórum estelar!...

Aos prantos arrisquei leve cantar
Tentei correr… Beijar-lhe… — Ah, doce mão!
Mas contentei em frear minha emoção
… E adormeci com a ária do limiar!...

Respirei versos… mais versos da brisa
Imaginei um beijo onde ela pisa
mudo, respirei ares da ternura!

No relâmpago estava o rumo certo;
— Um dia, seremos Reis deste Universo
Viajaremos nas asas da loucura!...

Machado De Carlos

Um comentário:

Aninha Ferreira disse...

deve ser bom viajar nas asas da loucura para sempre hehe