sábado, julho 21, 2012



Pássaro Azul


Alçou vôo... Seguiu rumo de cristal...
Penas esvoaçaram na noite fria
Ah, vão encontro do mundo virtual!
Da janela fugiram as gotículas...


Recorda o desmedido carnaval;
Na dádiva, a cratera está vazia.
Somara tanto, tanto, Ah, hora sensual!...
Areias desaparecem no funil...


- Misericórdia!... - Abomine o cansaço,
Urge encontro feliz com um abraço...
- Pássaro!... Quero teu canto estridente!


Grafo em teu bico; - mágico emblema;
Um antídoto para o meu dilema...
- Regresse logo; - dê-me teu presente!


Machado de Carlos




Flores nos Cabelos


Há prodígios do coice na toada galope
E com proezas, ela cola, toca e sela o trote...
Na prosa cobiça a tocaia com chicote
Em prol, cobre com toalhas; segredos do pote...

Na profecia das coisas com toques galopes,
Projeta na colina!... E, no topo do anelo,
Propicia coito no retoque do castelo;
Pula colada na torre com suas sinopses...

Ela protege o colar, ao tornear de suas flores
Protela um colírio, alivia com cores...
Apronta, canta, dança e transa no corcel.

Nas profundezas da colina cobre as nuanças;
Propala mil compassos; - todas as mudanças...
- No pódio, comemora com tônico mel!...


Machado de Carlos


8 comentários:

LUZ disse...

Desde o pássaro azul ao galope do cavalo, ela é bela e desejada.
Poesia riquíssima. Parabéns.

Patrícia Pinna disse...

Boa tarde, Machado. Belos sonetos, o último mais ousado visualizando tão bem o teu escrito com poesia de boa qualidade. Sensual a mulher entregue aos prazeres.
O primeiro, encantou-me a força do apelo ansiando um regresso mágico e urgente!
Beijos na alma, amigo!

Sonhadora disse...

Poeta

Que esse pássaro azul seja Fénix renascida.
Sempre intenso.

Um beijinho com carinho
Sonhadora

Toninhobira disse...

Duplo prazer amigo com bela inspiração no renascer das emoções que seguem a galope nos corações apaixonados.Belos trabalhos com sua arte.
Uma bela semana de paz e luz.
Meu terno abraço Amigo.

Toninhobira disse...

Duplo prazer amigo com bela inspiração no renascer das emoções que seguem a galope nos corações apaixonados.Belos trabalhos com sua arte.
Uma bela semana de paz e luz.
Meu terno abraço Amigo.

LUZ disse...

Ler tanto poema, nem sempre é fácil não apetece.
O ser humano é assim. Imperfeito, todo sos dias.
Mas, vale a pena ler seus poemas com calma e degustação.
Boa semana.

Beijo, como sempre da Luz.

Poetisa da Paz disse...

Olá poeta Machado! Passando pra espiar as tuas preciosidades, ler teus sonetos é como ser tatuada pelos reflexos da lua na pele d'agua... iluminação!
Levei pra meu blog, volto com a postagem do link!
bjs no coração!

Poetisa da Paz disse...



http://www.blogger.com/blog-this.g