terça-feira, janeiro 05, 2010

Metades


5 comentários:

Ianê Mello disse...

Muito belo seu poema.

Parabéns!

Querido,fiz umas mudanças no blog e criei mais dois. Dá uma passadinha por lá.

Bjs

Olhos de mel disse...

Querido amigo; um soneto maravilhoso. Metades que quando se juntam formam um todo e o resultado é perfeito! Bom fim de semana! Beijos

Mirse Maria disse...

Somos metades quando dois.

Belíssimo poema-arte!

Parabéns!

Mirse

Uma aprendiz disse...

Selecionei dois poemas, do meu blog "Mulher e Cia" que resolveu se "auto" excluir para visitas.

Como ambos retratam bem os meus sentimentos de HOJE,
eu os escolhi para dizer "ATÉ BREVE" à todos vocês:

Vou viajar DE MIM
vou jogar todas as roupas da mala
rasgar papéis
apagar anotações
queimar a agenda
Sofrer.
Sofrer completamente.
Até que passe.


beijos e boa terça pra você.

Cris de Souza disse...

Belo !