terça-feira, agosto 11, 2015

Princesinha





Princesinha


Não vivo sem ti, meu amor, meu brilhante!
Vejo, amiúde, teu corpo ao delírio!...
Na maresia com passos fascinantes
Tocou minh´alma com versos oníricos!

Vieste, enfim com o teu olhar alucinante
Modificar a minha canção lírica;
Já temos a rotina cativante; - 
… E feneceram todos os martírios!

Caminho, leve, sob tua infinda luz
Na Via-crúcis não tenho mais a cruz
Sem parar curto o néctar da tua fronte!

Medito... Busco frases nunca ditas...
- Ah, tua aura multicor!... Paz infinita!...
Navegaremos nas águas da fonte!


Machado de Carlos

2 comentários:

✿ chica disse...

Lindas declarações e carinhos em poesia para tua princesinha! abraços,chica

luís rodrigues coelho Coelho disse...

A dor do amor que nos faz reviver os mais belos retratos, as mais gratas imagens.