terça-feira, janeiro 14, 2014

Promessas de Amor


Promessas de Amor

Naquela noite disseste; - Eu te Amo!
Então fotografei o nascer do Sol.
Todos os dias eu tinha o Amor Maior
com os raios do Astro se modificando!

Com o tempo fiquei só, contemplando...
... sentindo o caminhar do caracol...
As tuas palavras... (já as tinha de cor),
- passava os momentos só cantando!...

Hoje, inda vejo o Sol no fim do mundo...
ele guarda os segredos mais profundos
que certa vez, fez parte de mil horas...

À noite vislumbro a Lua; - Ela sorri
e desvenda os sonhos do colibri,
com faíscas perdidas no canto afora!...

Machado de Carlos

Enviado por Machado de Carlos em 13/01/2014
Reeditado em 13/01/2014
Código do texto: T4647698 
Classificação de conteúdo: seguro


video

Noite de Amor


Noite de Amor

Boa Noite, boa noite, Ó, doce princesa;
beijo o teu lindo e quente batom rubro
e , viajo neste farto corpo lúmen
tenho a tua câmera, Ah, íris turquesa!...

Viajo neste Universo de beleza!
Tu és a luz deste imenso!... Deste escuro;
tenho o teu olhar, teu prazer, teu tudo.
- Boa Noite, boa noite! - És a maior riqueza!...

Durma, durma, boa noite doce amor!...
Tenhas em teus cabelos, bela flor
com as pupilas; - Todas cristalinas!...

Tenho as músicas nesta madrugada;
Será maravilhosa serenata,
- Beijo-te!... (- Beijo!... - Durma, Ó, menina!)

Machado de Carlos

Enviado por Machado de Carlos em 11/01/2014
Reeditado em 12/01/2014
Código do texto: T4645856 
Classificação de conteúdo: seguro

sexta-feira, janeiro 03, 2014

Ano do Amor


Ano do Amor

O castelo marcou o fim de uma safra,
era o néctar do verde; - raro vinho!
Lindos corpos dançaram nos cantinhos
Rituais fitaram na magia da praia!

Ouviram notas máximas das cítaras
nos momentos de clímax; dos carinhos!
... quando os pares viviam os torvelinhos,
e, iniciavam, novas vidas na seara!

Naquela vibração havia ternura
Os enlaces brilharam, Oh, almas puras!
recebendo os incríveis Sóis do blues...

... e germinaram na Terra; o Céu do amor...
Naquela mera explosão ímpar (tom da cor):
- Os seres se abraçaram!... - Nova Luz!...

Machado de Carlos

Partículas de Um Amor


Partículas de Um Amor

Ela chegou com sua lógica e magia
os pássaros alvoroçavam o álamo
então as flores disseram à récita;
- Oh, “Butterfly”, tu és incrível ícone!

...Cantaram, numa só voz a grande ária
e a silhueta veio; Ah, com toda graça
Começou a vida marcada na rósea.
... e os versos ritmaram; - Voz elétrica!

Beberam a canção; -Soma da glória
Inéditas gotículas do oásis
- Ah, ternuras das ondas do meu rádio!

Distante morava o amor duma ilha
feliz viajando ao mundo azul da órbita
- Canta verso; - O teu translúcido amor!

Machado de Carlos

Um Natal de Jesus


Um Natal de Jesus

Tilintam sinos das estrelas reais:
- Vivei a força dos tempos mais dourados!
Ele distribuiu as cifras cantadas,
e, os filetes cintilam nos cristais!

- Ah, corações das luzes imortais!
E, Ele, ali, iluminando; - Incrível halo,
ao milênio; energias do Seu Retrato
nas ceias; - Magias de todos os Natais!

Anjos cantam no Céu, encantos da festa,
aos sons dos mil violinos! Reis da orquestra
jorram gotículas no quebra-luz!

- Eis a mensagem para o Mundo Novo!
Vivamos esta união; - O amor dos povos!
- Oh!... - Sigamos a Prece de Jesus!...


Machado de Carlos

Tatuagem


Tatuagem

... da pauta e do grafite saiu o arminho
fantasiado no tempo do sertão,
(dos plexos e das luzes do porão),
revigorou num cálice de vinho!

Do sulfite nasceu a rosa do ninho
E o imenso jardim no rico creiom!
Foram incríveis; - faces da visão!
Havia felicidade no cantinho!

Quantas luzes e sombras na paleta,
nas pilastras do grande, Ó, Planeta!...
... e o Sol aplaudiu os olhos tão risonhos...

O Astro cantarolou, Ó, ondas do mar!...
... e a menina sorriu ao versejar
nas marés dos eternos; - Lindos sonhos!...

Machado de Carlos

Uma Viagem Celeste


Uma Viagem Celeste

Vem, preciso de ti... Noites e noites... 
Nunca esqueço das horas; ─ Nossas farras! 
Inda tenho as mil marcas das tuas garras 
─ Guardei os apetites dos açoites... 
  
Na história;  ─ Dois corpos, no breu, afoitos 
Acenderam os pavios da Lua clara! 
... e cantávamos o "Tema de Lara" 
na incrível cena de amor; ─ Beijos loucos!... 

... Lindo "strip-tease" ao som; ─ Rico bolero, 
fomos astros do Céu, no mundo eterno... 
Saboreamos os cálices do encanto!... 

Vivemos, na safra:  ─ O melhor da festa... 
... ecoaram hinos;  ─  Vozes da floresta... 
... e aos ouvidos!...  ─ À récita de: ─ Eu te Amo!...

Machado de Carlos