sexta-feira, janeiro 03, 2014

Ano do Amor


Ano do Amor

O castelo marcou o fim de uma safra,
era o néctar do verde; - raro vinho!
Lindos corpos dançaram nos cantinhos
Rituais fitaram na magia da praia!

Ouviram notas máximas das cítaras
nos momentos de clímax; dos carinhos!
... quando os pares viviam os torvelinhos,
e, iniciavam, novas vidas na seara!

Naquela vibração havia ternura
Os enlaces brilharam, Oh, almas puras!
recebendo os incríveis Sóis do blues...

... e germinaram na Terra; o Céu do amor...
Naquela mera explosão ímpar (tom da cor):
- Os seres se abraçaram!... - Nova Luz!...

Machado de Carlos

4 comentários:

luís rodrigues coelho Coelho disse...

Parece que o amor comanda e que as searas do amor prometem as melhores colheitas.

Felicidades neste novo ano

Machado de Carlos disse...

Felicidades, querido Amigo! Obrigado sempre por nos oferecer a sua estima e consideração! Grande Abraço! (Ah, obrigado pela leitura em meu Blog)

marlene disse...

Bom dia amigo poeta
desejo que este novo ano possa trazer
muitas alegrias atravez de seu trabelho lindo e prazeirozo
que nos encanta,espero poder contar com sua visita sempre que possivel e comentarios em meus blogs
um abraço com carinho marlene

Marisa Aquino Azevedo disse...

Parabéns pelo Blog, belos poemas...feliz 2014