segunda-feira, novembro 04, 2013

Quatro Paredes

Quatro Paredes

Tive teu corpo... Tuas mãos... Tua vida... 
Curtimos nus, - os sorrisos do amor -
Entre beijos de quero-quero vida,
curvei-me diante do teu esplendor!... 

No apartamento estava nossa vida; 
Com tua luz, não vi o tempo, minha flor, 
Mas as paredes viram nossa vida; 
Havia felicidade... nudez... cor... 

No tempo, era uma viagem sem ciladas...
Gritei: - Só quero teu sexo e mais nada!... 
Sorvi tua paz com sorriso menino. 

Uma fonte de luz caía ao redor, 
Era o teu corpo com o brilho Maior; 
Embriaguei-me no teu cheiro Divino!... 

Machado de Carlos


video




3 comentários:

✿ chica disse...

Intensos e lindos teus versos! abraços,chica e linda semana!

Celina disse...

Obrigada amigo pela visita, desejo muita paz, que vc seja sempre feliz.É amigo a nossa doutrina tem muito a ensinar atravé da sua rica bibliografia, tendo o nosso querido Chico a frente e muitos outros nobres espíritas. Agradeço pelas poesias, são muitos bonitas, que a inspiração esteja sempre com vc. Abraços Celina.

Maria Rodrigues disse...

Um soneto de amor e ternura, lindo como sempre meu amigo poeta.
Beijinhos
Maria