segunda-feira, junho 06, 2011

Sentir Uma Ode




Sentir Uma Ode




Ao contemplar-te a mente floreia
E nutro-me da pele que se cora!
Canto! Chega à luz da aurora...
No teu cheiro! - (um salto nas veias!)



No grito houve um nó que norteia...
Uma plena exaltação, então, vigora;
O perfume extra, multicor se aflora
Na dupla festança da nossa ceia!...



No espaço apenas um nauta
Ouve o som da tua doce flauta!
Ah! Que laços de bronze – um pacto...



A partida foi um triste martírio;
Carrego horas e horas de delírio...
Há na saudade um novo impacto!...



Machado de Carlos

24 comentários:

Elaine Barnes disse...

Há lembranças construidas com amor que realmente floreiam a mente. Lindíssimo! Montão de bjs e abraços

Úrsula Avner disse...

Olá poeta, mais um belo soneto escrito com a habilidade e sensibilidade poéticas que lhe são peculiares. Um abraço.

Everson Russo disse...

Uma ode ao amor,,,ao sentimento mais puro e valioso que podemos carregar no peito,,,desejos,,,saudades,,,sonhos...rabiscos de madrugadas que ficam na alma gravados, e tatuados no coração...belíssimo meu amigo,,,abraços fraternos de boa semana pra ti.

Ira Buscacio disse...

Machado, amigo querido!

O lirismo que tuas mãos depositam nessas páginas tocam as faces do poeta, profundamente!
Bj grande e linda semana

Wanderley Elian Lima disse...

Na verdade uma Ode ao amor, com todas suas pinceladas românticas.
Abração

Nilson Barcelli disse...

Mais um estupendo soneto, muito ao teu jeito.
Gostei muito, caro amigo Machado.
Abraço.

AOSOLHOSDAALMA.BLOGSPOT.COM disse...

LINDO E MARAVILHOSO POEMA
NÃO CONHEÇO NADA MAIS BONITO E PROFUNDO,PARABENS POETA VOCE É DEZ
TENHA UMA LINDA SEMANA COM CARINHO MARLENE

Tânia T. disse...

Ahh..

não tem nada pior que a partidaa..

E a saudade aperta tantoo.. não da tregua!


Lindas palavras... adoro te ler!

:)

bjoo

Sonhadora disse...

Poeta

Como sempre, saio daqui plena de poesia.

Beijinhos
Sonhadora

Ingrid disse...

olá...
vim agradecer a visita e palavras..
conhecer por aqui.. muito lindo!
beijo e boa semana..

Olhos de mel disse...

Oie meu amigo querido; tem andado sumido.
Que soneto mais lindo! Que essa saudade seja um aperitivo para um novo encontro.
Boa semana! Beijos

Livinha disse...

Ôw meu amigo,
Eu não tenho mais palavras para exaltar os teus sonetos, quando exaltados já fluem desse coração desassossego...
As palavras cantam liras,
em sopro ode da vida,
esse amor que se vicia,
deixa marcas em nossa lida...

Sempre encantada Machado...

Feliz semana pra ti

Bjs

Livinha

Ma Ferreira disse...

Fiquei emocionada com o seu soneto!
Vc escreve lindamente. Tocou meu coração.

saudade.. amor.. muito bom sentir..
Coração acelera, faz nos lembrar que estamos vivos.. e cada dia é um novo dia..

Bj
Ma

Toninhobira disse...

É divino e sublime o amor e canta-lo com todas as suas querenças é arte de poeta,assim como aqui.Meu abraço admirado.

Everson Russo disse...

Um dia repleto de paz pra ti meu amigo,,,abraços fraternos..

Sandra Botelho disse...

Tão lindo quanto o azul dos olhos da menina que encanta, o poeta apaixonado...beijos achocolatados

Yasmine Lemos disse...

Bravo! bravo! deu pra ouvir uma melodia..
parabéns
bjs

Marcia disse...

http://www.youtube.com/watch?v=S88rkpPu8_g&feature=related

Everson Russo disse...

Uma bela quarta feira pra ti meu amigo...abraços fraternos.

Vivian disse...

Bom dia,Machado!!

Que bela Ode!!!! O amor é rico, é intenso e quando ele chega preenche tudo, é pleno!
Quando precisamos ficar longe...ah!Que martírio, o mundo fica sem cor, sem som...
Lindo seu soneto!
Beijos!

garoto cientista disse...

Olá meu amigo, com saudade estava deste teu espaço tão bem cuidado. Um forte abraço e ótima semana.

Lívia Azzi disse...

A saudade é um dos mais intensos sentimentos, inquieta o corpo e a alma, só se finda quando levada por fortes ventos, e sempre se acalma junto da presença amada.

Que a brisa dos ventos perdure o amor, manifestando-se sempre em teus belos sonetos!

Um beijo.

Sandra Botelho disse...

Oi amigo poeta, vim lhe dar boa noite e te desejar uma linda quinta.Beijos achocolatados

Carla Fernanda disse...

O amor merece suas palavras em soneto tão lindo que lhe faz jus.
Beijos e boa noite!
Carla