quinta-feira, outubro 12, 2006

CONJUGAÇÃO


Machado de Carlos
http://ilove.terra.com.br/autores/TEXTO.ASP?idpi=1064


Tu és flor, o néctar do alvorecer!
Percebi tua voz. A voz da poesia!...
O infinitivo me deixou sem saída,
chegaste, envolveste meu pobre ser.

Minha boca se cala ao reviver tuas marcas,
ao raiar da nova vida:
Em coro, tua voz curou as horas feridas!...
... E o verbo serenou o anoitecer!...

Aplaudo tuas palavras de carinho,
elas fazem parte do meu caminho;
Olho para o espelho... Vejo outra imagem!...

Teus textos têm estirpe de nobreza,
cada letra tem alma de pureza!
Reconheço a paz de tua mensagem!...

2 comentários:

Azoriana disse...

Lindo! O blog e o soneto. Adorei a mudança. Parabéns!
Beijos

Luna disse...

è muito lindo, muito mesmo
beijinhos