quinta-feira, novembro 28, 2013

Horas de Amor


Horas de Amor

Toquei teu corpo ao raiar; ─ Incrível dia!...
Reluzente café; ─ doce manhã!...
Imerso no teu rosto de maçã
nasceu o amor... ─ E a festa da alegria!...

Tresloucados, ao som da maresia, 
atracamos ao gosto de hortelã...
Declaramos o amor; ─ Mel das entranhas,
orvalhadas na mesma sinfonia!...

Uma nota só;  em cada coração, 
tínhamos os acordes da canção
─ Uníssonos, ─ com os prazeres sábios!

Bebemos os néctares do alecrim 
radiante!... ─ Oh, perfume de jasmim!
─ Hoje, os prazeres não saem dos lábios!...

Machado de Carlos

segunda-feira, novembro 04, 2013

Quatro Paredes

Quatro Paredes

Tive teu corpo... Tuas mãos... Tua vida... 
Curtimos nus, - os sorrisos do amor -
Entre beijos de quero-quero vida,
curvei-me diante do teu esplendor!... 

No apartamento estava nossa vida; 
Com tua luz, não vi o tempo, minha flor, 
Mas as paredes viram nossa vida; 
Havia felicidade... nudez... cor... 

No tempo, era uma viagem sem ciladas...
Gritei: - Só quero teu sexo e mais nada!... 
Sorvi tua paz com sorriso menino. 

Uma fonte de luz caía ao redor, 
Era o teu corpo com o brilho Maior; 
Embriaguei-me no teu cheiro Divino!... 

Machado de Carlos


video